Renúncia Dominic Raab renuncia por discordar de termos do acordo do Brexit O secretário do Brexit, Dominic Raab, entregou sua carta de demissão alegando que não poderia "em boa consicência" endossar os termos do acordo

Por: AE

Publicado em: 15/11/2018 14:31 Atualizado em:

A primeira-ministra britânica Theresa May sofreu a primeira grande baixa em seu gabinete após a aprovação do projeto de acordo para o Brexit com a União Europeia, ocorrida na noite de ontem. O secretário do Brexit, Dominic Raab, entregou sua carta de demissão alegando que não poderia "em boa consicência" endossar os termos do acordo.

"Hoje, eu renunciei como secretário do Brexit. Não posso, em boa consciência, apoiar os termos propostos para nosso acordo com a União Europeia", afirmou o secretário em seu perfil no Twitter, onde também postou uma cópia de sua carta de demissão, apresentando os argumentos que embasaram sua decisão.

Raab pontuou que o regime regulatório proposto para a Irlanda do Norte oferece uma "ameaça à integridade do Reino Unido". "Não posso apoiar um arranjo indefinido de barreira em que a União Europeia detém poder de veto sobre a nossa capacidade de sair", prosseguiu, acrescentando que o arranjo para a fronteira vai prejudicar a segunda fase de tratativas com a União Europeia. "Nenhuma nação democrática nunca se dispôs a ser enquadrado por um regime tão extenso."

Raab ressaltou que não poderia conciliar os termos do acordo proposto com as promessas feitas para o País. "Esta é, em sua origem, uma questão de confiança pública", continuou.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.