orçamento Senado argentino deve aprovar orçamento acertado com o FMI Sindicatos e movimentos sociais convocaram protestos em torno do Congresso, como ocorreu quando o projeto de orçamento foi discutido na Câmara dos Deputados em outubro

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 14/11/2018 10:08 Atualizado em:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
O Senado vota nesta quarta-feira (13/11) um austero orçamento para 2019 com a meta de obter equilíbrio fiscal que assegure à Argentina os empréstimos de 56 bilhões de dólares acertados com o FMI.

Sindicatos e movimentos sociais convocaram protestos em torno do Congresso, como ocorreu quando o projeto de orçamento foi discutido na Câmara dos Deputados em outubro, quando os distúrbios levaram à interrupção da sessão.

A câmara alta deve começar a deliberar no início da tarde e espera-se que a aprovação final seja alcançada sem problemas, porque durante estas semanas o governo do presidente liberal Mauricio Macri e as províncias chegaram a acordos que asseguram financiamentos, apesar dos pesados cortes.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.