internacional Fogo na Califórnia expulsa mais de 200 mil pessoas do Leste dos Estados Unidos Chamas se alastraram por mais de 280 km², queimando casas, hospital e carros. Balanço é de cinco mortes e vários feridos

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 10/11/2018 09:22 Atualizado em: 10/11/2018 09:24

Foto: Robyn Beck/AFP Photo
Foto: Robyn Beck/AFP Photo

Os incêndios florestais que atingem a Califórnia, no Leste dos Estados Unidos (EUA) deixaram ao menos cinco mortos, vários feridos e centenas de milhares de moradores estão sendo retirados de suas casas, informaram ontem as autoridades locais. O maior foco das chamas está localizado ao Norte de Sacramento, no condado de Buttle, onde o incêndio Camp Fire destruiu 280 quilômetros quadrados e foram emitidas ordens de evacuação. As estimativas são de que mais de 200 mil pessoas foram expulsas pelo fogo.

Outros dois incêndios foram registrados mais ao Sul, no condado de Ventura, próximo a Los Angeles, somando 56 quilômetros quadrados afetados. “A magnitude da destruição que vimos é incrível e dolorosa”, disse Mark Ghilarducci, diretor do escritório de emergência do governo do estado. “Sabemos que há feridos e perda de vidas humanas”.


O gabinete do xerife de Buttle informou que seus oficiais “localizaram cinco falecidos na área de Edgewood Lane, em Paradise”, uma das localidades mais afetadas. A cidade de 23 mil habitantes foi praticamente consumida pelas chamas. “A investigação preliminar revelou que essas vítimas foram localizadas em veículos alcançados pelo incêndio Camp”, informou comunicado do governo.

Em razão das queimaduras, a identificação dos corpos não pôde ser feita. Necropsias serão realizadas para determinar as circunstâncias das mortes e começar o processo de identificação. Uma equipe investiga a possibilidade de haver mais vítimas fatais. Um fotógrafo da agência de notícias AFP constatou o nível de destruição em Paradise e resumiu o cenário que viu a um inferno: casas envoltas em chamas, outras já feitas cinzas e carros carbonizados.

O diretor do escritório de emergência do governo, Mark Ghilarducci, advertiu que nessa área foram evacuadas 52 mil pessoas, enquanto em Ventura os evacuados superam os 100 mil. Ele disse que o estado espera condições climáticas favoráveis a incêndios – ventos fortes e um clima muito seco – para os próximos dias, notícia ruim para os quase 2 mil bombeiros que combatem as chamas.

Apenas 5% do Camp Fire foi controlado, tendo destruído 2 mil estruturas e o incêndio ameaça um total de 15 mil. Estradas estão fechadas e ordens de evacuação foram emitidas em uma dúzia de bairros na cidade de Paradise, uma das mais afetadas, e de Chico. Três abrigos foram abertos para atender os afetados.

Precedente 

“Toda a parte inferior de Paradise está totalmente envolvida em chamas”, disse Kevin Winstead, morador do povoado de Magalia, a uma rede de televisão local. “Tudo está envolvido em chamas agora, não vai restar nenhuma casa em pé”, disse. “Estou devastado”. O outro foco de incêndio se desenvolveu a poucos quilômetros de Thousand Oaks, onde um ex-soldado abriu fogo em um bar na quarta-feira à noite, deixando 12 mortos, antes de se suicidar.

A Califórnia foi afetada desde o fim de 2017 por um grande número de incêndios especialmente violentos, que provocaram uma dezena de mortes. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.