frança Brasileiro de 66 anos desaparecido na França é encontrado em hospital Ricardo Carvalho de Castro havia saído para fazer exercícios quando sumiu. Ele foi encontrado pelo filho ao dar entrada em um hospital nos arredores de Paris

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 31/10/2018 08:29 Atualizado em: 31/10/2018 08:32

O idoso estava desaparecido desde o último dia 16. Foto: Reprodução/Instagram
O idoso estava desaparecido desde o último dia 16. Foto: Reprodução/Instagram

Um brasileiro de 66 anos, diagnosticado com Alzheimer, desaparecido há 14 dias na cidade de Saint-Germain-en-Laye, nos arredores de Paris, foi encontrado nesta terça-feira (30/10) ao dar entrada em um hospital com dores nas costas. Ricardo Carvalho de Castro foi localizado a cerca de 50 km da cidade em que ocorreu o desaparecimento. 

Filho do senhor desaparecido, Daniel Monsanto de Castro publicou em seu perfil pessoal no Instagram que recebeu informações da polícia do paradeiro de seu pai. Nas publicações, o filho diz que apesar de querer compartilhar o momento do reencontro com o pai, não gravaria dentro do hospital. Instantes depois, Monsanto publicou um vídeo caminhando ao lado do pai, que parece ainda desnorteado com o acontecido, confirmando o sucesso das buscas e pedindo para que ele dê um "alô para o pessoal".

Daniel Monsanto publicou uma mensagem agradecendo a todos que ajudaram nas buscas pelo pai. Foto: Reprodução/Instagram
Daniel Monsanto publicou uma mensagem agradecendo a todos que ajudaram nas buscas pelo pai. Foto: Reprodução/Instagram
 
 
Desaparecimento
Segundo informações da BBC Brasil, Monsanto disse que seu pai havia saído para fazer exercícios em um parque situado na cidade. Ainda segundo o filho, cães farejadores da polícia seguiram o rastro do pai até até as imediações do parque. A hipótese dos investigadores era de que a partir daquele ponto ele tinha entrado em um veículo, provavelmente táxi ou carona.

A preocupação de Monsanto aumentou ao ser avisado por uma pessoa de que ela havia visto em uma estação de trem da cidade de La Défense, cidade também situada nos arredores da capital francesa. "Meu pai nunca tomou sozinho um transporte coletivo na França. Não temos como saber se isso ocorreu. Só há uma entrada na estação de Saint-Germain-des-Près. Mas a polícia não me informou se ele foi visto nas câmeras de segurança do local", contou Monsanto à BBC Brasil.

Ajuda da internet
Monsanto utilizou as redes sociais para ajudar nas buscas pelo seu pai. O motorista de passeios turísticos, além de divulgar cartazes pela cidade, mobilizou e divulgou notícias sobre o desaparecimento. Os jogadores da Seleção Brasileira e do Paris Saint Germain, clube que tem um centro de treinamento na cidade, Thiago Silva e Marquinhos, compartilharam a foto de Ricardo Carvalho e pediram ajuda com qualquer informação.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.