condenação Pai é condenado na França por alimentar os filhos quase exclusivamente com Coca-Cola Homem foi condenado a três meses de prisão por não cumprir com suas obrigações parentais

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 25/10/2018 09:00 Atualizado em: 25/10/2018 09:33

Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução/Shutterstock
O pai de dois meninos, de três e quatro anos de idade, foi condenado a três meses de prisão na França por alimentá-los quase exclusivamente com Coca-Cola, anunciou o advogado dos menores.

O pai, "que não sabe ler, nem escrever ou contar, não percebia a gravidade das situação e gastava todo o dinheiro da assistência social com álcool", disse Carole Papon, representante da associação França Vítimas 87. Poucos dias depois de receber a ajuda social, "a família não tinha nada para comer. Tinham apenas Coca-Cola para beber", afirmou.

O pai, que foi descrito como violento com a esposa e os filhos, foi condenado a três meses de prisão pelo tribunal de Limoges, no centro da França por não cumprir com suas obrigações parentais. O menino mais velho teve sete dentes arrancados em consequência do excesso de açúcar. O mais novo praticamente não fala. 

Ambos estão sob os cuidados de famílias de acolhimento, que iniciaram uma alimentação com carne e verduras. "Não havia nada no apartamento", disse Bruno Robinet, procurador-adjunto, à AFP. "Não havia geladeira, as crianças dormiam em um colchão sem cobertores e não havia brinquedos. O pai os alimentava com biscoitos e Coca-Cola", acrescentou.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.