Discriminação Mulher negra é vítima de ataque racista em voo na Europa; vídeo viraliza A mulher sofre de artrite e tem dificuldade de locomoção. Como demorou a ceder passagem para o homem, acabou insultada de forma ostensiva

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 22/10/2018 21:43 Atualizado em:

Foto: Reprodução/YouTube
Foto: Reprodução/YouTube
Uma mulher negra, com uma deficiência física em decorrência de artrite, foi vítima de um ataque racista em um voo da Ryanair entre Barcelona e Londres.

Um vídeo registrado por um passageiro foi publicado em rede social teve enorme audiência e provocou comentários indignados sobre o episódio. As imagens, gravadas por David Lawrence, na última sexta-feira, foram visualizadas mais de 4,6 milhões de vezes no Facebook.

No vídeo, um homem branco, sentado na poltrona da janela, grita com a senhora negra, sentada na poltrona do corredor, e exige que ela mude de lugar. Ele dispara insultos de racistas contra a passageira.

A mulher sofre de artrite e tem dificuldade de locomoção. Como demorou a ceder passagem para o homem, acabou insultada de forma ostensiva. "Espero que alguém se sente aqui, porque não quero ficar ao lado da sua cara, sua cara feia e fodida".

Quando ela responde em uma língua que não o inglês, o passageiro rebate: "Não fale comigo em uma língua estrangeira, sua vaca fodida estúpida".

A filha da vítima de racismo intervém: "Ela é deficiente, não grite com ela". E o agressor responde: "Não me importa se ela é incapaz".

Um comissário de bordo sugere que a passageira mude de lugar e oferece a ela um novo assento, em outra fila. Um passageiro sentado atrás tenta acalmar a fúria do passageiro racista: "Ei, pare!" E ouve de volta: "Eu vou continuar enquanto tiver que me sentar com essa puta negra!"

Milhares de comentários enviados na página do vídeo reclamam que a companhia aérea não tomou providências enérgicas contra o passageiro, como, por exemplo, retirar o homem do avião.
 
A companhia reagiu no domingo no Twitter, afirmando estar "ciente" deste vídeo e ter "confiado o caso à polícia de Essex", condado do aeroporto de destino da aeronave, Londres Stansted.







Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.