Mundo

Moscou acusa EUA de usar fósforo branco na Síria

Material tem uso proibido em meio a civis pelo direito internacional humanitário.

A Rússia acusou, neste domingo, os Estados Unidos de terem lançado bombardeios no leste da Síria com fósforo branco, cujo uso contra alvos militares em meio a civis é proibido pelo direito internacional humanitário. "Dois aviões americanos F-15 realizaram bombardeios no dia 8 de setembro contra Hajin, na região de Deir Ezzor, utilizando munição incendiária de fósforo", afirmou o general do exército russo Vladimir Savchenko. 

"Esses ataques provocaram fortes incêndios e estamos investigando possíveis mortes e lesões", acrescentou. Na Síria, o grupo extremista Estado Islâmico ainda controla um bolsão na província de Deir Ezzor (leste), entre o rio Eufrates e a fronteira com o Iraque, e está presente no vasto deserto. 

© Agence France-Presse

Leia a notícia no Diario de Pernambuco
Loading ...