Mundo

Russo é preso acusado de roubo de dados nos EUA

Andrei Tyurin teria atuado no maior roubo de dados de clientes do banco JPMorgan Chase.

Um cidadão russo acusado do maior roubo de dados de clientes de uma instituição financeira na história dos Estados Unidos foi preso na Geórgia e extraditado para Nova York para responder à Justiça, informou nesta sexta-feira o Ministério Público de Manhattan. 

Andrei Tyurin, de 35 anos, é acusado de dez crimes como hackear bancos, firmas de corretagem e publicações financeiras, inclusive o maior roubo de dados de clientes de uma instituição financeira americana, que afetou 83 milhões de clientes do banco JPMorgan Chase.

Tyurin terá uma audiência com um juiz federal de Manhattan em 25 de setembro, afirmou em comunicado Geoffrey Berman, procurador federal de Manhattan. Ele pode ser condenado a até 97 anos de prisão.

© Agence France-Presse

Leia a notícia no Diario de Pernambuco
Loading ...