Internacional Na Alemanha, extrema direita tenta unir grupos em protesto anti-imigração Na noite deste sábado (1º), marchas deverão protestar contra o assassinato de um alemão, morto supostamente por imigrantes da Síria e do Iraque

Publicado em: 01/09/2018 12:06 Atualizado em:

A extrema direita da Alemanha está tentando fazer dos protestos deste fim de semana um momento decisivo em que diferentes grupos nacionalistas se unam em um movimento nacional anti-imigração.

Vários eventos de diferentes grupos de extrema direita se juntarão na noite de sábado, e os organizadores convidaram cidadãos interessados para comparecerem às marchas que protestam contra o assassinato de um alemão na semana passada, supostamente por imigrantes da Síria e do Iraque. Eles esperam que a união das manifestações possa sinalizar o início de um amplo pacto de extrema direita no leste da Alemanha.

Um protesto rival de pessoas que se opõem à postura anti-imigração testará a capacidade das autoridades de manter a paz depois de cenas de perseguição a estrangeiros nas ruas de Chemnitz terem chocado a Alemanha nesta semana. Fonte: Associated Press.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.