eleições Emmerson Mnangagwa é eleito presidente do Zimbábue Minutos antes do anúncio oficial, um porta-voz da oposição denunciou em entrevista coletiva que "resultados falsos" seriam comunicados pela Comissão Eleitoral

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 02/08/2018 20:47 Atualizado em:

Presidente do Zimbábue Emmerson Mnangagwa deposita seu voto durante as eleições presidenciais do país, no dia 30 de julho de 2018. Foto: AFP / Jekesai NJIKIZANA
Presidente do Zimbábue Emmerson Mnangagwa deposita seu voto durante as eleições presidenciais do país, no dia 30 de julho de 2018. Foto: AFP / Jekesai NJIKIZANA
O atual líder do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa, venceu as eleições presidenciais no primeiro turno, com 50,8% dos votos, informou na madrugada desta sexta-feira a Comissão Eleitoral.

Mnangagwa, ex-braço direito do antigo presidente Robert Mugabe, superou o líder da oposição, Nelson Chamisa, que obteve 44,3% dos votos, anunciou a presidente da Comissão Eleitoral, Priscilla Chigumba, durante entrevista coletiva na capital, Harare.

Com 50,8% dos votos, "Emmerson Mnangagwa Dambudzo, do partido Zanu-PF, é declarado presidente eleito da República do Zimbábue, a partir de 3 de agosto", declarou Chigumba.

Minutos antes do anúncio oficial, um porta-voz da oposição denunciou em entrevista coletiva que "resultados falsos" seriam comunicados pela Comissão Eleitoral.

Mnangagwa, 75 anos, dirige o Zimbábue desde novembro passado, quando o Exército e o partido Zanu-PF forçaram a saída de Mugabe, que estava há 37 anos no poder.

Desde sua independência, em 1980, o Zimbábue teve apenas dois chefes de Estado, ambos do Zanu-PF: Mugabe e Mnangagwa.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.