Financiamento UE aportará 30 milhões de euros à Espanha para chegada de migrantes A Grécia também se beneficiará de financiamento do FAMI, solicitado há um ano para administrar a chegada de migrantes procedentes da Turquia

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 01/08/2018 08:09 Atualizado em:

O Fundo de Asilo, Migração e Integração conta com orçamento de milhões de euros. Foto: Reprodução/Public Domain
O Fundo de Asilo, Migração e Integração conta com orçamento de milhões de euros. Foto: Reprodução/Public Domain
A Comissão Europeia repassará 30 milhões de euros à Espanha para ajudá-la a enfrentar a chegada de migrantes da costa do Marrocos - disse uma fonte europeia à AFP.

Dirigido pelo socialista Pedro Sánchez, o governo espanhol solicitou no domingo uma ajuda de 30 milhões de euros ao Fundo de Asilo, Migração e Integração (FAMI) da União Europeia. Esses fundos serão liberados nos próximos dias, indicou a mesma fonte.

A Grécia também se beneficiará de financiamento do FAMI, solicitado há um ano para administrar a chegada de migrantes procedentes da Turquia.

A situação de urgência na Espanha, que desde janeiro registrou a chegada de 20.000 migrantes, impôs que a Comissão Europeia desse uma resposta mais rápida do que no caso da Grécia, explicou a fonte.

O FAMI conta com orçamento de milhões de euros. O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, deve ter uma conversa por telefone com Sánchez, indicou a fonte.

A Comissão também prevê uma ajuda para o Marrocos, um país de onde partem os migrantes, mas vários estados ainda não entregaram a contribuição prometida ao fundo de ajuda de urgência para a África. Por isso, seus recursos são limitados, explicou Juncker a Sánchez em uma carta datada de 26 de julho, da qual a AFP obteve uma cópia.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.