Comércio Trudeau promove mudança de gabinete no Canadá em meio a tensões comerciais Ação reflete o descontentamento canadense quanto à política comercial dos Estados Unidos

Por: AE

Publicado em: 18/07/2018 20:52 Atualizado em:

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, promoveu uma mudança de gabinete nesta quarta-feira (18), com a intenção de priorizar a diversificação do comércio, sinalizando o crescente desconforto canadense em relação à política comercial dos Estados Unidos enquanto enfrenta novas ameaças tarifárias vindas de Washington.

Na quarta-feira, o Departamento do Comércio dos EUA lançou uma investigação sobre se as importações de urânio ameaçavam a segurança nacional americana, abrindo caminho para novas tarifas. O Canadá é o principal fornecedor estrangeiro de urânio dos EUA e já enfrenta barreiras impostas por Washington sobre aço e alumínio. Além disso, há o espectro de tarifas americanas sobre veículos importados, as quais foram propostas pelo presidente dos EUA, Donald Trump, para trazer de volta os empregos da indústria automotiva para os EUA, que se aplicariam a veículos e autopeças fabricados no Canadá. Economistas disseram que isso poderia desencadear uma recessão no Canadá.

"Precisamos diversificar nossos mercados. Precisamos garantir que não dependemos tanto dos EUA", disse Trudeau a repórteres após a cerimônia de posse de novos ministros. "Diversificar nosso comércio é uma enorme responsabilidade para este governo", afirmou. Entre as mudanças notáveis de Trudeau para seu gabinete esteve a nomeação de Jim Carr como ministro da Diversificação do Comércio Internacional. Fonte: Dow Jones Newswires.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.