Embate Ninguém ganha com uma guerra comercial, diz FMI Declaração chega em meio a tensão entre EUA e China

Por: AE

Publicado em: 12/07/2018 13:55 Atualizado em:

 (Foto: Divulgação)
Ao comentar sobre a nova rodada de disputas comerciais entre EUA e China, com o plano de Washington de impor tarifas de 10% sobre mais US$ 200 bilhões em mercadorias importadas do país asiático, o diretor de Comunicações do Fundo Monetário Internacional, Gerry Rice, afirmou que a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, tem dito várias vezes que "encorajamos todos a trabalhar de forma construtiva, reduzir barreiras comerciais" e com o diálogo resolver questões extraordinárias entre as partes envolvidas. "Madame Lagarde tem destacado que ninguém ganha com uma guerra comercial", apontou. 

Em relação à Grécia, o diretor do FMI indicou que o Comitê Executivo do Fundo deve realizar no dia 27 de julho a avaliação macroeconômica do país no âmbito do Capítulo 4, cujo comunicado deve ser publicado alguns dias depois. 

Há quase um mês, ministros das Finanças da zona do euro definiram que a Grécia terá mais dez anos para pagar um montante próximo a 100 bilhões de euros de financiamentos, quase 50% dos empréstimos liberados por países da região a Atenas desde 2010.

De acordo com Rice, no curto prazo, o Fundo espera que o "envolvimento do FMI com a Grécia deverá ser similar como ocorre com outras nações europeias", com um trabalho de supervisão coordenado com o realizado com o mesmo propósito por autoridades do velho continente. "Atuaremos com um programa de pós-monitoramento" econômico, ressaltou o diretor do FMI.


TAGS: fmi china, eua,

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.