JAPÃO Tocha olímpica de Tóquio-2020 partirá de Fukushima O revezamento da tocha olímpica começará em 26 de março de 2020 no local onde em 2011 um terremoto de 9,1 graus no oceano pacífico provocou um tsunami que deixou 18 mil mortos

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 12/07/2018 09:20 Atualizado em:

Foto: Google Maps / Reprodução
Foto: Google Maps / Reprodução
A tocha olímpica dos Jogos Tóquio-2020 partirá de Fukushima, cenário em 2011 de um tsunami e de uma catástrofe nuclear que devastaram a região, como símbolo da reconstrução do país, anunciou o Comitê Olímpico Japonês.

O revezamento da tocha olímpica começará em 26 de março de 2020 em Fukushima, antes de chegar à ilha tropical de Okinawa, de onde partiu a tocha dos Jogos de Tóquio-1964. A tocha deve chegar à capital japonesa em 10 de julho.

No dia 11 de março de 2011 um terremoto de 9,1 graus no Oceano Pacífico provocou um tsunami que deixou 18 mil mortos e desaparecidos, além de um acidente grave na central nuclear de Fukushima.

"Saindo de Fukushima destacamos nossa vontade de que os Jogos sejam os da resiliência e os da recuperação", afirmou Masayoshi Yoshino, ministro da Reconstrução.

"Desejamos que os sobreviventes da catástrofe participem no revezamento olímpico, para dar apoio a todas as pessoas nas áreas devastadas", completou.

A chama olímpica passará por 47 municípios japoneses, antes da abertura oficial dos Jogos, em 24 de julho de 2020.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.