Tolerância zERO Chanceleres latinos pedem respostas dos EUA sobre política imigratória O secretário de Relações Exteriores do México, Luis Videgaray, reiterou a preocupação com a política migratória norte-americana

Por: Agência Brasil

Publicado em: 11/07/2018 16:20 Atualizado em:

A política de “tolerância zero”, do governo norte-americano, em relação aos imigrantes e a separação de crianças das famílias nos Estados Unidos serão temas da reunião nesta quinta-feira (12), nos Estados Unidos, dos chanceleres da Guatemala,  de El Salvador, Honduras e do México com representantes do governo norte-americano. Os quatro países latino-americanos negociam um acordo de cooperação consular denominado “Tricamex”. Uma outra reunião está confirmada para o próximo dia 26, em Tegucigalpa, Honduras, com os grupos de trabalho nas áreas de migração e segurança.

O secretário de Relações Exteriores do México, Luis Videgaray, reiterou a preocupação com a política migratória norte-americana. “Separar crianças é uma ação cruel e desumana”, criticou.

Videgaray destacou a importância de serem definidas ações concretas para impedir que casos assim voltem a ocorrer e para ajudar as famílias separadas.

Nessa terça-feira (10) os ministros das Relações do chamado Triângulo Norte (Guatemala, Honduras e El Salvador) e secretaria de Segurança dos Estados Unidos, Kirstjen Nielsen, reuniram-se, na Cidade da Guatemala, para discutir segurança fronteiriça e a questão da migração.

A ministra das Relaciones Exteriores da Guatemala, Sandra Jovel, afirmou que haverá uma série de reuniões para definir os acordos primários que organizarão um plano de ações. De acordo com ela, o objetivo é trabalhar de maneira coordenada para promoção de soluções com um enfoque integral.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.