investigação Funcionária de hospital britânico é suspeita de matar oito bebês A investigação no Hospital Countess of Chester, no condado de Chester, começou no ano passado e se centra na morte de 17 bebês entre março de 2015 e julho de 2016

Publicado em: 03/07/2018 11:06 Atualizado em:

diretor do hospital, Ian Harvey, informou que o centro médico está colaborando com a investigação. Foto: Reprodução/Freepik
diretor do hospital, Ian Harvey, informou que o centro médico está colaborando com a investigação. Foto: Reprodução/Freepik

A polícia britânica prendeu nesta terça-feira (3) a funcionária de um hospital suspeita de ter assassinado oito bebês e tentar matar outros seis.

A investigação no Hospital Countess of Chester, no condado de Chester, começou no ano passado e se centra na morte de 17 bebês entre março de 2015 e julho de 2016.

A polícia investiga também os problemas sofridos por outros 15 bebês da mesma unidade e no mesmo período.

O diretor do hospital, Ian Harvey, informou que o centro médico está colaborando com a investigação e que a unidade neonatal envolvida é totalmente segura.

"Vamos fazer todo o possível para ver o que aconteceu e dar as respostas que nós e as famílias queremos desesperadamente", acrescentou.

Foi o hospital que recorreu à polícia depois de não encontrar respostas médicas para aumento inesperado de mortes de bebês.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.