Projeto Avião hipersônico promete ligar Londres a Nova York em 2 horas Aeronave de passageiros anunciada pela Boeing poderá chegar à velocidade de 6 mil quilômetros por hora

Por: Estado de Minas

Publicado em: 28/06/2018 20:44 Atualizado em:

 (Foto: Boeing/Divulgação)
A Boeing, empresa norte-americana de desenvolvimento aeroespacial e de defesa, divulgou nesta quinta-feira (28), durante conferência do Instituto Americano de Aeronáutica e Astronáutica, que ocorre em Atlanta, nos Estados Unidos, o projeto do primeiro conceito hipersônico de transporte de passageiros da companhia.

O avião hipersônico voará a uma velocidade denominada Mach 5, que equivale a 5 vezes a velocidade do som. O jato fará o trajeto da Europa à Austrália em cinco horas, de Los Angeles a Tóquio em três e de Londres para Nova York em menos de duas.

O Concorde, aeronave supersônica comercial que voou entre os anos de 1976 e 2003, por exemplo, voou em Mach 2.02 (equivalente a 2,2 vezes a velocidade do som) e fazia o trajeto Nova York-Londres em 3 horas e meia.

Kevin Bowcutt, técnico sênior e cientista responsável pelo projeto, estima que a aeronave seja uma realidade dentro de 20 ou 30 anos. "Estamos entusiasmados com o potencial da tecnologia hipersônica para conectar o mundo cada vez mais rápido”, disse.

"A Boeing está construindo o projeto baseado em seis décadas de trabalho no desenvolvimento e vôo de veículos hipersônicos experimentais, o que nos torna a empresa certa para liderar o esforço de levar essa tecnologia ao mercado no futuro", acrescentou.

Segundo o CEO da Boeing, Dennis A. Muilenburg, esse é um conceito que pode redefinir a aviação e conectar o mundo mais rápido que nunca. De acordo com a empresa, a aeronave poderá ser utilizada para fins militares e comerciais.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.