Crítica aos EUA ONU diz que as crianças imigrantes não podem ser separadas de seus pais Chefe da ONU fez declaração relacionada à separação de famílias na fronteira entre EUA e México no mesmo dia no qual Donald Trump fez duras declarações sobre imigração clandestina

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 18/06/2018 13:54 Atualizado em:

Foto: JOHN MOORE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Foto: JOHN MOORE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Em uma rara crítica ao governo dos Estados Unidos, o chefe da ONU, Antonio Guterres, afirmou nesta segunda-feira (18) que as crianças imigrantes não devem ser separadas de suas famílias na fronteira entre os Estados Unidos e o México.

"As crianças não podem ser traumatizadas sendo separadas de seus pais", afirmou. "É preciso preservar a unidade familiar", afirmou o porta-voz de Guterres, Stephane Dujarric.

Mais cedo, Trump assegurou que seu país não quer viver a mesma situação da Europa em função da entrada em massa de imigrantes, um gesto que classificou como "um grande erro".

"Grande erro cometido em toda a Europa ao permitir a entrada de milhões de pessoas que mudaram sua cultura de forma tão forte e violenta", escreveu Trump no Twitter. 

Também assegurou que o país não se converterá em um campo de migrantes, em uma dramática confirmação de sua política de tolerância zero em relação à migração clandestina.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.