Argentina Macri substitui presidente do Banco Central após nova corrida cambial Os ministérios da Fazenda e das Finanças voltarão a ser unificados

Por: Estado de Minas

Publicado em: 14/06/2018 23:07 Atualizado em:

O presidente Mauricio Macri (Foto: Juan Mabromata/AFP)
O presidente Mauricio Macri
O presidente Mauricio Macri retirou Federico Sturzenegger do comando do Banco Central da Argentina e nomeou em seu lugar o ministro das Finanças, Luis Caputo, nesta quinta-feira (14), após uma nova corrida cambial.

Sturzenegger apresentou a renúncia a Macri em uma reunião na residência presidencial de Olivos, e Caputo "foi nomeado hoje (quinta-feira) como novo presidente do Banco Central da República Argentina", informou um comunicado do governo.

A moeda se desvalorizou 6,01%, cotada a 28,44 pesos o dólar, seu preço histórico mais alto no mercado oficial, em um dia sem intervenção do Banco Central. Nessa semana, o peso acumulou uma queda de 8,65% de seu valor em relação ao dólar.

O anúncio da mudança de autoridade monetária foi feito após uma reunião de urgência entre Macri e seu ministro de Fazenda, além do coordenador da área econômica, Nicolás Dujovne.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.