corrupção Procuradoria dominicana denuncia sete no caso Odebrecht Representante comercial da empresa no país, ex-ministro de Obras Públicas, advogado, senador, ex-deputado e dois ex-presidentes do senado foram denunciados

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 08/06/2018 09:44 Atualizado em:

Foto: Agência Brasil / Arquivo
Foto: Agência Brasil / Arquivo
A Procuradoria Geral da República Dominicana apresentou nesta quinta-feira (7) à Suprema Corte denúncias contra sete pessoas, incluindo um senador, por recebimento de suborno da construtora Odebrecht.

"Estamos prontos e apresentamos o expediente na Suprema Corte de Justiça", declarou o procurador-geral, Jean Rodríguez.

Foram denunciados o representante comercial da Odebrecht na República Dominicana, Ángel Rondón; o ex-ministro de Obras Públicas, Víctor Díaz Rúa; o advogado Conrado Pittaluga; o senador Tommy Galán; o ex-deputado Juan Rodríguez, e os ex-presidentes do Senado Porfirio Bautista e Jesús Vásquez.

Após um ano de investigações, os sete foram denunciados por associação criminosa, corrupção, lavagem de dinheiro, prevaricação, enriquecimento ilícito e falsificação.

A Odebrecht revelou ter pago 92 milhões de dólares em subornos em troca de obras na República Dominicana, país superado apenas por Brasil (US$ 349 mi) e Venezuela (US$ 98 mi) no esquema de propinas do grupo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.