Tensão internacional Autoridade da Coreia do Norte vai aos EUA para reuniões sobre cúpula No Twitter, Trump confirmou a ida do general aos EUA e disse que os movimentos mais recentes da Coreia do Norte são uma "sólida resposta à minha carta

Por: Agência Estado

Publicado em: 29/05/2018 09:34 Atualizado em:

Foto: Jung Yeon-je / AFP
Foto: Jung Yeon-je / AFP
O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, mandou um de seus principais tenentes para os Estados Unidos, enquanto Washington e Pyongyang continuam a negociar uma cúpula em 12 de junho entre Kim e o presidente americano, Donald Trump. O general Kim Yong Chol, frequentemente descrito como o braço direito do líder norte-coreano, está a caminho de Nova York como parte dos preparativos para o encontro.

No Twitter, Trump confirmou a ida do general aos EUA e disse que os movimentos mais recentes da Coreia do Norte são uma "sólida resposta à minha carta", divulgada na semana passada quando o presidente americano cancelou o encontro com Kim Jong-un.

As negociações entre as autoridades americanas e norte-coreanas continuaram na Zona Desmilitarizada intercoreana nesta terça-feira. Os EUA sinalizaram que pretendem estender sua campanha de máxima pressão sobre Pyongyang no caso de os dois lados não conseguirem chegar a um acordo sobre a desnuclearização da Península Coreana. Fonte: Dow Jones Newswires.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.