Violência Um palestino morre por tiros israelenses na fronteira de Gaza Morte de homem de 51 anos é a primeira a ser registrada na região desde o sangrento conflito da segunda-feira, que deixou pelo menos 60 pessoas mortas e 2,4 mil feridas

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 15/05/2018 12:55 Atualizado em:

Foto: Mohammed Abed / AFP
Foto: Mohammed Abed / AFP
Um palestino morreu nesta terça-feira (15) por tiros israelenses na fronteira da Faixa de Gaza - informou o Ministério da Saúde local. Identificado como Naser Ghorab, de 51 anos, o homem foi atingido pelos tiros no leste de Bureij, na parte central da Faixa de Gaza.

Esta é a primeira morte após a violenta segunda-feira, em que dezenas de palestinos morreram, e milhares ficaram feridos. Os protestos continuaram na Faixa de Gaza nesta terça-feira, embora sejam muito menos numerosos.

Na segunda-feira, ao menos 60 manifestantes morreram, e 2,4 mil ficaram feridos, no dia mais violento do conflito entre palestinos e israelenses desde a guerra em Gaza de 2014.

Os palestinos da Faixa de Gaza e da Cisjordânia ocupada lembram a "Nakba", a "catástrofe", que para eles é representada pela criação do Estado de Israel em 1948 e pelo êxodo de centenas de milhares de pessoas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.