• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
China Presidente chinês pede aos militares lealdade à nova Constituição Xi fez essas declarações durante uma reunião do Exército de Liberação Popular e da polícia armada

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 12/03/2018 16:36 Atualizado em:

Um dia depois de obter caminho livre para governar pelo resto da vida, o presidente chinês Xi Jinping pediu às Forças Armadas do país que sejam leais à nova Constituição reformada na qual está inserido agora seu pensamento político.

"Todo o exército deve fortalecer sua consciência constitucional, promover o espírito constitucional e ser um admirador leal, um seguidor escrupuloso e um defensor da Constituição", disse Xi a oficiais das Forças Armadas na segunda-feira (12).

A Assembleia Nacional Popular (ANP) da China aprovou no domingo a iniciativa de Xi, de 64 anos, para abolir o limite de mandatos presidenciais, estabelecido até então em 10 anos no poder.

A reforma também inclui a filosofia política do líder na Constituição: "O pensamento Xi Jinping sobre o socialismo com características chinesas para uma nova era".

Xi, que também é o chefe das Forças Armadas, fez essas declarações durante uma reunião do Exército de Liberação Popular e da polícia armada.

Diferente da maioria de países, o exército da China está permanentemente sob o controle do Partido Comunista e não do Estado.

No início do ano, o partido tomou também o controle das forças paramilitares em um novo movimento que, segundo analistas, poderia ser consequência da preocupação por um potencial uso da polícia para dar um golpe de Estado.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.