• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Tratados internacionais Secretário do Tesouro dos EUA não descarta saída do Nafta Já houve cinco rodadas de conversa multilateral, sem que um acerto final fosse alcançado.

Por: AE

Publicado em: 11/01/2018 20:52 Atualizado em:

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou há pouco em coletiva de imprensa na Casa Branca que acredita que o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês) será renegociado entre o país, o Canadá e o México. No entanto, ele disse que, caso um acerto não seja firmado, os EUA não descartam "se retirar do acordo".

Ontem, autoridades canadenses declararam anonimamente à agência de notícias Reuters que acreditam que aumentaram as chances de os Estados Unidos saírem do Nafta. No entanto, em fala com a imprensa no final do dia, o presidente americano, Donald Trump, disse que não havia mudado "em nada a sua posição".

A renegociação do Nafta foi uma das bandeiras da campanha de Trump. Em 2016, o hoje presidente acusou o México e o Canadá de concorrência desleal. Após eleito, ele passou a pressionar pela renegociação do acordo. 

Na mesma coletiva, Mnuchin disse ainda esperar que se aumentem as sanções americanas contra o Irã. É esperado que entre hoje e amanhã Trump anuncie a nova posição de Washington sobre o país. Ao lado de outras potências, os EUA são um dos signatários do acordo com Teerã para diminuição da atividade nuclear na república islâmica.



TAGS: saída eua nafta

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.