• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Conflito Trump confirma que EUA reconhecem Jerusalém como capital de Israel Medida promete gerar tensões no Oriente Médio e reduzir as possibilidades de um processo de paz entre israelenses e palestinos

Por: Agência Brasil

Publicado em: 06/12/2017 18:53 Atualizado em: 06/12/2017 18:57

O presidente Donald Trump, acompanhado pelo vice-presidente Mike Pence, assina observações sobre a decisão da Administração de reconhecer Jerusalém como a Capital de Israel, na Casa Branca. Foto: Shealah Craighead/White House
O presidente Donald Trump, acompanhado pelo vice-presidente Mike Pence, assina observações sobre a decisão da Administração de reconhecer Jerusalém como a Capital de Israel, na Casa Branca. Foto: Shealah Craighead/White House

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou nesta quarta-feira que seu país reconhecerá Jerusalém, a partir de agora, como capital de Israel, uma medida que promete gerar tensões no Oriente Médio e reduzir as possibilidades de um processo de paz entre israelenses e palestinos. As informações são da agência EFE.

"Determinei que é hora de reconhecer oficialmente Jerusalém como capital de Israel", disse Trump em um discurso na sala de recepções diplomáticas da Casa Branca.

Donald Trump afirmou que sua decisão de reconhecer Jerusalém como capital de Israel não deve ser interpretada como uma falta de compromisso com o processo de paz entre israelenses e palestinos, e prometeu que fará "todo o possível" para ajudar as partes a consegui-lo.

"Os Estados Unidos apoiarão uma solução de dois Estados se as duas partes chegarem a um acordo", declarou Trump em discurso na sala de recepções diplomáticas da Casa Branca.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.