• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Internacional 152 milhões de crianças ainda são vítimas do trabalho infantil no mundo De acordo com estudos da OIT, o trabalho infantil se concentra 71% na agricultura, 17% no setor de serviços e 12% no setor industrial, especialmente na mineração

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 14/11/2017 23:04 Atualizado em:

Ao menos 152 milhões de crianças são vítimas do trabalho infantil no mundo, e 73 milhões realizam serviços de risco, revelou nesta terça-feira, em Buenos Aires, o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder.

"Ainda há 152 milhões de meninos e meninas vítimas do trabalho infantil, quase um a cada dez no mundo. Deste total, quase a metade realiza trabalhos perigosos", disse Ryder ao inaugurar a IV Conferência Mundial sobre a Erradicação do Trabalho Infantil, em Buenos Aires. Segundo o organismo internacional, ao menos 25 milhões de pessoas são vítimas de trabalho forçado no mundo.

As metas estabelecidas pelas Nações Unidas apontam para acabar com o trabalho infantil até 2015, e com o trabalho forçado até 2030. "As metas não podem ser mais claras, como também a incômoda realidade de que se não fizermos mais e melhor não vamos conseguir", disse Ryder.

De acordo com estudos da OIT, o trabalho infantil se concentra 71% na agricultura, 17% no setor de serviços e 12% no setor industrial, especialmente na mineração.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.