• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Medida TPP precisa de mais negociação para ser avançar, diz premiê do Canadá A declaração do premiê canadense acontece pouco após ministros de comércio de onze países declararem que chegaram a um acordo da TPP

Por: AE

Publicado em: 11/11/2017 13:31 Atualizado em:

Foto: Simone D. McCourtie /World Bank
Foto: Simone D. McCourtie /World Bank
O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou neste sábado que ainda é necessário "mais trabalho" para concluir a Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês).

Trudeau, que está no Vietnça para a cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês), argumentando recusado uma proposta anterior da TPP, afirmando que ela não era clara o suficiente sobre questões como direitos trabalhistas, proteção ambiental, questões de gênero e comércio de veículos.

"Nós não estávamos prontos para fechar a TPP ontem", disse.

A declaração do premiê canadense acontece pouco após ministros de comércio de onze países declararem que chegaram a um acordo preliminar sobre "as questões principais" da TPP. O acordo comercial tinha ficado à deriva após a decisão do presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos da negociação.

A reação do Canadá fez com que as conversas não avançassem na sexta-feira e as onze nações continuam à mesa neste sábado. Segundo o ministro da Economia do Japão, Toshimitsu Motegi, há um equilíbrio difícil entre altos padrões de conduta e pragmatismo que precisa ser melhor debatido.

"A substância é algo que todos os países da TPP podem concordar" disse Motegi. "Isto irá enviar uma forte mensagem para os EUA e outros países da região. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.