• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Relação Netanyahu afirma que ''laços terroristas'' do Irã chegam até América Latina Em um duro discurso, o premiê israelense disse que o mundo hoje vive "possibilidades sem limite", ainda que exista uma "grande ameaça"

Por: Agência Brasil

Publicado em: 14/09/2017 08:52 Atualizado em:

Foto: Kirsty Wigglesworth/AFP
Foto: Kirsty Wigglesworth/AFP


O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quarta-feira (13) em Bogotá que os "laços terroristas do Irã" estão em todas partes, o que inclui a América Latina, região na qual se encontra em visita oficial, e pediu unidade para combatê-los. As informações da EFE.

"Os laços terroristas do Irã estão em todas as partes, incluindo a América Latina, e acreditamos que todos os países deveriam unir-se, assim como Israel está colaborando com os países árabes, para evitar que a agressão e o terror se expandam", disse Netanyahu após reunir-se com o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos.

Em um duro discurso, o premiê israelense disse que o mundo hoje vive "possibilidades sem limite", ainda que exista uma "grande ameaça, não só o terrorismo, que a Colômbia sentiu, (...) mas a ameaça do terrorismo islâmico militante que afetou os muçulmanos e depois o resto do mundo".

Em sua opinião, esse terrorismo tem duas origens: o Estado Islâmico e o Irã.

"Isto produziu uma nova relação entre Israel e os países árabes, porquê veem Israel não só como adversário, mas como aliado indispensável contra as forças que querem subtrair da humanidade seu grande futuro e levá-la ao passado", salientou Netanyahu.

Durante seu discurso, o premiê ressaltou que é a primeira vez que um chefe de governo israelense em exercício visita a Colômbia e a América Latina e destacou que isto solidifica as bases para que não passem "outros 70 anos antes da próxima visita".

"Esta oportunidade de visitar a América Latina, de visitar a Colômbia, nos traz grande emoção, acreditamos que há grande esperança, sentimos que a América Latina tem um tremendo potencial e o mundo neste momento está em um ponto de inflexão para a mudança. A economia mundial não será a mesma, tudo está se tornando tecnológico", completou Netanyahu.

Neste sentido, detalhou que durante sua reunião com Santos discutiram assuntos relacionados à agricultura, ao fornecimento de água e à segurança na internet, "uma área que tem se tornado importante para todos os países".




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.