• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Internacional Rendimento médio das famílias americanas sobe em 2016 O resultado superou o pico anterior da renda familiar alcançado em 1999

Por: Agência Estado

Publicado em: 12/09/2017 14:18 Atualizado em: 12/09/2017 14:30

O resultado representou uma queda dos 13,5% em 2015, mas um avanço em relação aos 11,3% em 2000. Foto: Arquivo/AFP Photo
O resultado representou uma queda dos 13,5% em 2015, mas um avanço em relação aos 11,3% em 2000. Foto: Arquivo/AFP Photo

Os rendimentos das famílias americanas saltaram novamente no ano passado, permitindo que a família americana média recuperasse o terreno perdido nas duas últimas recessões. No ano passado, o rendimento familiar médio foi de US$ 59.039, uma alta de 3,2% devido à inflação na comparação com 2015, de acordo com o Escritório do Censo, em comunicado nesta terça-feira. O resultado superou o pico anterior da renda familiar alcançado em 1999.

O aumento do ano passado foi o segundo salto significativo seguido, após anos de queda ou de estagnação nos rendimentos após a recessão de 2007-2009. A taxa oficial de pobreza nos Estados Unidos, em 2016, foi de 12,7%, o que significa que 40,6 milhões de americanos viviam na pobreza, disse a agência. O resultado representou uma queda dos 13,5% em 2015, mas um avanço em relação aos 11,3% em 2000.

No ano passado, cerca de 8,8% dos americanos precisavam da cobertura de seguro saúde, uma queda em relação aos 9,1% que necessitavam do programa em 2015. O relatório desta terça-feira foi baseado em dados coletados no início deste ano.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.