• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
INFLUÊNCIA Alemanha estimula China a usar sua influência sobre a Coreia do Norte O presidente Donald Trump, por sua vez, disse que se Pyongyang continuasse com suas ameaças seria enfrentado "com um fogo e uma fúria como o mundo nunca viu"

Por: Agência Brasil

Publicado em: 09/08/2017 15:07 Atualizado em:

A ministra alemã da Defensa, Ursula von der Leyen, solicitou hoje à China a usar sua influência sobre Coreia do Norte. "É decisivo que nessa questão a China sobretudo desempenhe também um papel, já que tem influência sobre a Coreia do Norte. É o único país com influência sobre a Coreia do Norte", declarou a política. A informação é da agência de notícias alemã DPA.

A Coreia do Norte tem uma grande dependência da China e por isso a China tem uma responsabilidade especial na hora de exercer esta influência, disse Ursula, qualificando de "preocupante" a escalada do conflito.

Nos últimos dias o tom entre Washington e Pyongyang tem se endurecido. A Coreia do Norte disse que está "examinando cuidadosamente" a posibilidade de lançar um ataque contra aa ilha de Guam, no oceano Pacífico, pertencente aos Estados Unidos, informou a agência de notícias estatal nortecoreana KCNA.

O presidente Donald Trump, por sua vez, disse que se Pyongyang continuasse com suas ameaças seria enfrentado "com um fogo e uma fúria como o mundo nunca viu".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.