• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Relações União Europeia deve aumentar sanções contra a Síria, diz secretário britânico Em maio, a UE ampliou as medidas restritivas contra a Síria por um ano devido à contínua perseguição do governo de Bashar al Assad à população

Por: AE

Publicado em: 17/07/2017 09:32 Atualizado em:

Segundo Johnson, "isso mostra a determinação do Reino Unido e dos nossos aliados na Europa" na luta contra ataques químicos na Síria. Foto: MOHAMAD ABAZEED/AFP
Segundo Johnson, "isso mostra a determinação do Reino Unido e dos nossos aliados na Europa" na luta contra ataques químicos na Síria. Foto: MOHAMAD ABAZEED/AFP


O Reino Unido afirmou que a União Europeia irá emitir sanções contra 16 indivíduos sírios, que estariam envolvidos em ataques de armas químicas contra civis, visando funcionários militares e científicos do país.

O secretário de Relações Exteriores britânico, Boris Johnson, disse nesta segunda-feira, antes da reunião de ministros de Relações Exteriores da UE, que os 16 enfrentarão proibições de viagem e congelamento de ativos. Segundo Johnson, "isso mostra a determinação do Reino Unido e dos nossos aliados na Europa" na luta contra ataques químicos na Síria.

Em maio, a UE ampliou as medidas restritivas contra a Síria por um ano devido à contínua perseguição do governo de Bashar al Assad à população. A UE já tem 240 pessoas e 67 organizações da Síria que enfrentam proibições de viagem e congelamento de ativos. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.