• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Em Portugal Brasileiro transmite ao vivo o momento em que recebe mata-leão de militar Este golpe de estrangulamento, bastante utilizado nas artes marciais japonesas, restringe a circulação do sangue pelas artérias podendo deixar a pessoa inconsciente por alguns segundos, como aconteceu com o brasileiro

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/05/2017 09:17 Atualizado em: 10/05/2017 10:15

Foto: Reprodução/Youtube
Foto: Reprodução/Youtube

Nesta terça-feira (9), o brasileiro Jair Costa, inconformado com o atendimento público na repartição de finanças de Montijo, em Portugal, resolveu fazer uma transmissão ao vivo em seu Facebook contando a realidade do órgão quando foi abordado por um militar, que aplicou sobre ele um golpe de mata-leão. 

No momento em que ele começa comentar sobre a forma como foi atendido enquanto buscava informações sobre o Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (IRS), o militar à paisana da Guarna Nacional da República de Portugal (GNR) aproxima-se de forma agressiva aplicando sobre ele o Hadaka Kime, popularmente conhecido como "mata leão", que ocasionou a sua inconsciência. Este golpe de estrangulamento, bastante utilizado nas artes marciais japonesas, restringe a circulação do sangue pelas artérias podendo deixar a pessoa inconsciente por alguns segundos, como aconteceu com o brasileiro.

De acordo com o portal de notícias Notícias ao minuto, a GNR enviou uma nota à imprensa afirmando a conduta imprópria do brasileiro alegando que este se encontrava com uma "atitude imprópria e ofensiva para com os usuários", todavia, "perante as circunstâncias presenciadas nas imagens difundidas, foi decidido abrir um processo de inquérito, a fim de averiguar as circunstâncias da detenção do cidadão, para apuramento de eventuais responsabilidades", acrescentou a Guarda.  
 

 Confira o vídeo:
 

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.