carnaval Shows, moda, artesanato e gastronomia na Torre Malakoff Iniciativa gratuita acontece até domingo

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/02/2019 16:30 Atualizado em: 21/02/2019 18:00

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Música, moda, artesanato, cultura popular e gastronomia também terão espaço no carnaval de Pernambuco. De 21 a 24 de fevereiro, a Torre Malakoff, um dos principais equipamentos culturais do estado recebe a terceira edição do Carnaval na Malakoff. Reunindo produtos de grifes, estilistas pernambucanos e shows musicais, o evento tem inicio nesta quinta-feira, a partir das 19h, com um desfile de moda. Na ocasião, a iniciativa vai contar com discotecagem do DJ Pepe Jordão, apresentações do Afoxé Omô Nilê Ogunjá e da banda Ave Sangria.  

"Esse evento na Torre Malakoff, faz parte da grade do Carnaval de Pernambuco, é um exemplo de como imprimir nossa política pública de cultura no âmbito das linguagens, mesmo neste período de mais experimentação da liberdade e da quebra de regras, que é o Carnaval. Conseguimos oferecer ao público um recorte de produções autorais criativas nos segmentos do artesanato, da moda, do design, da gastronomia e da música produzida aqui no estado, com representantes que vão desde expressões artísticas mais tradicionais ao que de mais vanguarda temos produzido, como esse novo show da lendária banda Ave Sangria", afirmou Gilberto Freyre Neto, secretário de Cultura de Pernambuco.

Dando visibilidade a pequenos e médios produtores de Moda, Design e Artesanato de Pernambuco, a ação possibilita o fomento, a difusão e o enriquecimento do cenário cultural do Estado através da comercialização de seus produtos. As marcas estarão desta sexta (22) até o domingo (24) no pátio da Torre Malakoff das 16h às 22h. Além da venda dos produtos, haverá Flash Tattoo com Bela Tatua, cortes de cabelo com Belle Souza da Hair Instiga.

Ao todo, 36 marcas estarão com seus produtos no desfile desta quinta. São elas: Altar, Coreto, Merisse, Trocando em Miúdos, Xuruca Pacheco, Alice Marinho, Abacaxi de Praia, Caqueira, Contém Glitter, Erika Essinger, Jailson, além de marcas da Loja Pop Up do Quintal Criativo (Aladê, Mangue bitch, Detalhes de Frida e Cobogó, Desprende) e da Loja Pop Up do Marco Pernambucano da Moda (com as marcas Menina dos Olhos, A decorista, Abre Alas, Arte Brasileira, Atelier Alcola, Atelier Edson Santos, Calle, Concubino, Croxenteria, Damaga, Decabeça, Dona Quitéria, Hoop, IV Galindo, Jujucaju, Ledesign, Moda Mangue, Oito ou Tenta, Olha Ela, Paulo Duarte Atelier, Rafa que Faz), Vitalina e Rejane Trindade.

Foto: Flora Negri/Divulgação
Foto: Flora Negri/Divulgação


No artesanato, a feira abre espaço para as produções de Kedna Almeida Tramp & Cia (fantasias), Wilma Cristina (adereços de cabeça), Virgínia Menezes (Bijou e adereços), Cris Loureiro (adereços de cabeça), Júlia Martins (bijou com cerâmica plástica), Zarina Moda Afro (roupa moda afro), Arnaldo Bastos (adereços da cabeça) e Fausto Sobral (máscaras de couro).

Durante todos os dias, o público poderá apreciar ainda  uma série de pratos e bebidas artesanais de Vila da Conceição, Panela de Ervas, Camilitas Empanadas Artesanais, MaMê Comidinhas e Cervejaria Manguezal. "É um evento que aquece a economia da cultura do Carnaval, potencializando a ação das grifes pernambucanas, seja da moda, do design ou do artesanato. É também uma vitrine para nossas tradições carnavalescas e nossos patrimônios vivos", concluiu o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto.

Confira a programação completa

SHOWS

QUINTA-FEIRA (21)
18h – Pepe Jordão
19h - Afoxé Omo Nilê Ogunjá                                                    
20h – Guerreiros do Passo
21h – Ave Sangria

SEXTA-FEIRA (22)
18h - Caboclinhos Canindé do Recife (Patrimônio Vivo)
19h - Clube de Bonecos Seu Malaquias  (Patrimônio Vivo)

SÁBADO (23)
18h - Maracatu Estrela Brilhante de Igarassu  (Patrimônio Vivo)
19h - Troça Carnavalesca Mista Cariri Olindense  (Patrimônio Vivo)
20h - Lia de Itamaracá (Patrimônio Vivo)
                                   
DOMINGO (24)
16h - Bloco Lírico Cordas e Retalhos (Recife)
17h - Escola de Samba Galeria do Ritmo         
18h - Homem da Meia-Noite  (Patrimônio Vivo)



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.