• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Moda Moda: Vivienne Westwood pensa no clima e em Veneza; Elie Saab, em suas princesas

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 03/10/2015 19:32 Atualizado em:

Vivienne Westwood lançou um chamado contra as mudanças climáticas ao apresentar, neste sábado, uma coleção de prêt-à-porter dedicada a Veneza, enquanto, para o libanês Elie Saab, a primavera chegará cheia de variantes e transparências.

Vivienne Westwood, o planeta e Veneza

Vivienne Westwood aproveitou seu desfile em Paris para pedir a participação em uma marcha contra as mudanças climáticas a ser realizada em Londres, antes da conferência de dezembro em Paris que visa a um acordo mundial sobre o problema.

A coleção foi, ainda, uma homenagem vibrante a Veneza, seu carnaval, seus personagens da Commedia dell'arte e suas máscaras.

Os modelos evocaram a prosperidade e riqueza cultural da cidade, embora não tenha faltado o toque punk característico da britânica.

"Veneza foi o maior celeiro artístico do Ocidente, é incrível o que aconteceu ali", comentou Vivienne. "Mas obviamente, por causa das mudanças climáticas, Veneza irá desaparecer. Somos os últimos a poder fazer algo. Por isso, digo-lhes que saiam para se manifestar, algo tem que ser feito já."

A ex-rainha do punk convocou a participação em uma marcha popular por medidas envolvendo o clima, a justiça e o emprego, em 29 de novembro, na capital inglesa.

Como conciliar as preocupações ambientais com a moda? "Sempre digo: comprem menos, escolham bem e façam com que as coisas durem."

As princesas de Elie Saab

Estilista das princesas do Oriente Médio, mas também de boa parte das casas reais da Europa e de estrelas de Hollywood, Elie Saab integra, desde 2003, o clube exclusivo da alta-costura. Talvez, por isso, sua coleção de prêt-à-porter tenha mantido a sofisticação em seus materiais: gaze, bordados e crepe de seda dão o tom de sua coleção de verão.

Este ano, o criador libanês decidiu variar ao máximo as opções e dar uma grande liberdade de escolha às clientes. "Quis apresentar uma mulher que absorve as características da marca e se sente livre para usá-las à sua maneira", diz Saab em uma mensagem entregue aos convidados de seu concorrido desfile, que aconteceu em uma área coberta montada no Jardin des Tuileries.

Os tons foram do preto às cores vivas: rosa, verde e azul, às vezes contrastando com o branco. Laços, renda e transparência fizeram parte do jogo de libertação primaveril, em que não faltaram as estampas florais, um elemento recorrente da marca.

Em matéria de acessórios, Saab lançou uma carteira de linhas retas, batizada de "A 31".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.