DFB 2018 Dragão Fashion: divino feminino e o amor próprio são celebrados na passarela Coleção da marca cearense Flee, intitulada Autodevota, propõe resgate de deusa interior e abre nova sala de desfiles do festival

Por: Larissa Lins - Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/05/2018 15:16 Atualizado em: 11/05/2018 17:39

Feminino e amor próprio guiaram as criações da marca Flee para a temporada. Fotos: DFB/Divulgação
Feminino e amor próprio guiaram as criações da marca Flee para a temporada. Fotos: DFB/Divulgação

Fortaleza (CE) – Reconhecido como a maior semana de moda autoral da América Latina, o Dragão Fashion Brasil 2018 deu início à sua programação na última quarta-feira (09), em noite marcada por seis desfiles e discursos de valorização da cultura e da cadeia criativa locais. Estreante nas passarelas da fashion week cearense, a marca Flee desfilou sua coleção Autodevota, inspirada no divino feminino e na deusa que habita em cada mulher, abrindo o festival. 

“Quando me olho no espelho, me vem a mais pura das sensações: enxergo todo o Amor que existe. Amo-me sobre todas as coisas. Sou a dona, a deusa de mim, a quem devo toda minha lealdade e meu carinho. Minha força vem de dentro. Eu sou autodevota”, pregam as diretrizes dessa temporada da Flee. As peças, destinadas à celebração do amor próprio, propuseram releituras do segmento beachwear com toques de sofisticação – entre modelagens, amarrações, matérias-primas e acessórios. 

Jovem, a marca entrou no mercado em 2014, nascida no Ceará e idealizada por três engenheiros do ITA, uma educadora e um designer. A proposta é somar competências distintas na produção das peças de moda leve – entre biquínis, maiôs, saídas de banho e roupas leves (croppeds, camisetas, macaquinhos e vestidos envelope) – priorizando tecnologia e design. 

ESTRUTURA 

Neste ano, o cenário do Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza - que abriga a fashion week cearense há anos – ganhou mais vigor com a criação de uma terceira sala de desfiles, a DFBeach Club, montada no pavimento superior do Terminal, de onde se pode ver o sol se pondo durante os primeiros desfiles de cada noite. Foi na DFBeach Club que a marca Flee fez sua estreia na última quarta-feira. Na quinta, o espaço foi ocupado pela Hand Lace. O ambiente tem capacidade para 600 pessoas e sugere uma acomodação mais informal da plateia, que pode se distribuir sobre almofadas para assistir às performances.

A repórter viajou a convite da organização do Dragão Fashion Brasil 












Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.