• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Polêmica Esposa de Weinstein cancela desfile na Semana da Moda de NY Georgina Chapman anunciou que apresentará sua coleção sob um "formato renovado"

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 02/02/2018 08:47 Atualizado em: 02/02/2018 09:28

Segundo relatos da imprensa, Weinstein obrigava algumas atrizes a vestir Marchesa, sugerindo que se não fizessem isso suas carreiras seriam prejudicadas. Foto: Reprodução Internet
Segundo relatos da imprensa, Weinstein obrigava algumas atrizes a vestir Marchesa, sugerindo que se não fizessem isso suas carreiras seriam prejudicadas. Foto: Reprodução Internet

A marca de moda Marchesa, codirigida por Georgina Chapman, esposa do produtor de Hollywood Harvey Weinstein, cancelou seu desfile previsto na Semana de Moda de Nova York. Marchesa anunciou esta semana, que apresentará sua coleção sob um "formato renovado", cinco meses depois do produtor de Hollywood ser acusado por mais de 100 mulheres de abuso, agressão sexual e estupro. Desde sua criação em 2004, Marchesa desfilou sobretudo em Nova York, onde sua primeira aparição em passarelas remonta a setembro de 2006. Apesar da tempestade midiática em torno ao caso Weinstein, a britânica Georgina Chapman, de 41 anos, decidiu inicialmente manter o desfile na Fashion Week de fevereiro.

Mas, a marca resolveu cancelar o evento, previsto para o 14 de fevereiro. Chapman anunciou no início de outubro, dias depois da revelação do escândalo, que deixaria seu marido de 10 anos, pai de seus dois filhos. Marchesa, também codirigida por Keren Craig, é um selo muito utilizado pelas estrelas de cinema, e muitas delas vestem suas criações no tapete vermelho. Atrizes como Felicity Hoffman e Sienna Miller, segundo relatos da imprensa, denunciaram após o escândalo que Weinstein as obrigava a vestir Marchesa, sugerindo que se não fizessem isso suas carreiras seriam prejudicadas.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.