• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Corpo perfeito O verão é a época das cirurgias plásticas Lipoaspiração e próteses de silicones são os procedimentos mais procurados

Por: Aline Ramos

Publicado em: 28/12/2017 10:00 Atualizado em: 22/12/2017 08:17

Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, o Brasil é o segundo país a realizar mais procedimentos anualmente. Foto: Reprodução/Internet
Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, o Brasil é o segundo país a realizar mais procedimentos anualmente. Foto: Reprodução/Internet

Conhecida como a estação mais quente do ano, o verão é considerado também a alta temporada de procedimentos estéticos em clínicas de todo país. Um dos principais motivos deste aumento de procura especialmente em dezembro e janeiro, segundo a cirurgiã plástica Ivanoska Filgueira, já é a preparação do shape para o carnaval. "A procura sempre aumenta por ser período de recesso escolar e geralmente férias do trabalho também, mas a maioria das pessoas fazem já pensando em curtir o carnaval, mais confiantes e satisfeitas com o próprio corpo", explica.

A especialista conta que neste período, a procura é por cirurgias que melhoram o contorno corporal e fazem a mulherada se sentir mais à vontade em roupas mais curtas. "Os pedidos maiores ainda são por lipoaspirações e próteses de silicone, já que elas querem colocar um biquíni e aproveitar o verão", ressalta. Mas, as operações não se restringem ao público feminino, homens também têm aderido a lipoaspiração principalmente na região do abdome.

Vale alertar que o sol não é o melhor amigo de quem fez cirurgia plástica há pouco tempo. Isso porque os raios podem causar escurecimento de cicatrizes e hematomas, e devem ser evitados ao menos nos primeiros meses após a cirurgia. "O ideal é se proteger ao menos 90 dias com protetor solar e roupas adequadas", acrescenta.

Mas, a boa notícia para quem fez alguma cirurgia antes do carnaval é que dá para aproveitar e curtir a folia, desde que seja com moderação. "Já é possível voltar a realizar a maioria das atividades depois de 15 a 30 dias, contudo, é importante seguir a risca todas as recomendações do seu médico", finaliza.

Segundo os dados mais recentes da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética (Isaps), o Brasil é o segundo país a realizar mais procedimentos anualmente, ficando atrás apenas dos EUA. Apenas em 2015, mais de 1,22 milhão de procedimentos foram realizados por brasileiros. O primeiro lugar ficou com a lipoaspiração, seguido pelo implante de silicone nos seios e a cirurgia de pálpebra.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.