• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Pele Dermatologista esclarece dúvidas sobre a acne A especialista Raquel Rangel auxilia na hora de conhecer e se livrar desse problema que atinge a maioria dos adolescentes e muitos adultos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/12/2017 12:00 Atualizado em: 13/12/2017 08:10

Higienizar a pele antes de dormir pode ajudar na luta contra o aparecimento da acne. Foto: Reprodução/Internet
Higienizar a pele antes de dormir pode ajudar na luta contra o aparecimento da acne. Foto: Reprodução/Internet
Independente do sexo e da idade, a tão temida acne surge por diversos motivos. Mas como se livrar deste problema se até o que nos alimentamos pode auxiliar no aparecimento das espinhas? Para ajudar nesta batalha, a dermatologista Raquel Rangel, parceira da Beryllos, única rede de cuticularia do país, responde cinco dúvidas mais frequentes sobre o tema.

1. Quais os principais motivos do surgimento das acnes?
A acne é uma doença inflamatória multifatorial que afeta a nossa unidade pilosebácea onde estão nossas glândulas sebáceas. Os hormônios andrógenos são os responsáveis pelo aumento da produção de sebo por essas glândulas, que por sua vez aumentam a proliferação de bactérias nos folículos. A presença dessas bactérias é capaz de ativar nosso sistema imunológico gerando uma resposta inflamatória, que pode ser composto por uma variedade de lesões que podem acarretar a acne.

2. Tem alguma idade específica para o aparecimento das acnes?
Geralmente começam a aparecer na fase da adolescência, podendo corresponder ao início da puberdade quando se inicia a produção dos hormônios sexuais. Porém pode começar a surgir também na pré-adolescência e na idade adulta.

3. Quais tratamentos para se livrar delas?
O tratamento da acne vai depender do tipo de lesão apresentada. A acne é classificada em graus, e vai do mais simples onde se tem apenas comedões (os famosos cravos) até lesões mais graves com nódulos e cistos. Os tratamentos podem ser realizados com sabonetes e agentes de limpeza específicos para cada tipo de pele, cremes contendo enxofre, por exemplo, e alguns antibióticos. Associados aos tratamentos medicamentosos podemos associar peelings químicos e físicos e procedimentos a base de terapia fotodinâmica como luz pulsada e outros tipos de luzes especiais. Esses aparelhos são empregados no tratamento da acne inflamatória para alguns casos selecionados podendo reduzir mais rapidamente o processo inflamatório e melhorar o aspecto da pele.

4. Qual idade já posso começar a fazer esses procedimentos?
A Sociedade Brasileira de Dermatologia orienta que os tratamentos estéticos se iniciem apenas após os 12 anos de idade.

5. Quais são as dicas básicas para auxiliar no dia a dia?
Lave sempre seu rosto na água morna da pia, nunca durante o banho no chuveiro, use sabonetes específicos para o seu tipo de pele. Use protetor solar livre de óleos, nunca "esprema" as espinhas pois você pode carregar microrganismos nas mãos que irão piorar o processo inflamatório e por fim, nunca durma de maquiagem, pois a presença de resíduos na pele podem piorar a acne.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.