• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Luto Morre o estilista brasileiro Ocimar Versolato O fashion designer faleceu em decorrência de um acidente vascular cerebral

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 11/12/2017 08:25 Atualizado em: 11/12/2017 08:41

Versolato era venerado pelas "top models" por seus volumosos vestidos. Foto: Reprodução/Internet
Versolato era venerado pelas "top models" por seus volumosos vestidos. Foto: Reprodução/Internet
O estilista brasileiro Ocimar Versolato, que trabalhou para a Lanvin na década de 1990, faleceu aos 56 anos em São Paulo. Sua sobrinha contou à imprensa brasileira que o estilista morreu na sexta-feira (08) à tarde após um acidente vascular cerebral (AVC). Nascido em 1961 em São Bernardo do Campo, filho de italianos, Versolato foi para Paris em 1987 para seguir sua formação em Moda no Studio Berçot.

Depois de trabalhar quatro anos com Herve Leger, abriu sua própria empresa em 1993. Venerado pelas "top models" por seus volumosos vestidos, fez quatro coleções para a Lanvin em 1996 e 1997. No Brasil, brilhou com o figurino criado para o cantor Ney Matogrosso e para o filme "Tieta do Agreste", protagonizado pela atriz Sônia Braga. Seu livro "Vestido em Chamas", lançado em 2005, provocou um terremoto no mundo da moda por suas revelações, que apontaram diretamente para a modelo alemã Claudia Schiffer.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.