• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Pop up itinerante Casa Viva ocupa shoppings no Recife até 31 de dezembro Celebrando seus quatro anos de atividade, o projeto apresenta produtos autorais e marcas criativas

Por: Aline Ramos

Publicado em: 10/12/2017 08:00 Atualizado em: 08/12/2017 15:51

A origem do material, capacitação da mão de obra e o comércio consciente são características unânimes entre os artistas que participam do projeto. Foto: Casa Viva/Divulgação
A origem do material, capacitação da mão de obra e o comércio consciente são características unânimes entre os artistas que participam do projeto. Foto: Casa Viva/Divulgação
Produtos criativos e design autoral, essa é a proposta da “Casa Viva, loja pop up itinerante”, que comemora quatro anos de atividades neste mês. E para marcar a data, o projeto apresenta sua 9ª edição nos shoppings Riomar e Plaza. Sob o comando de Vivian Lima, o coletivo traz ao público recifense cerca de 50 criadores do Brasil no setor de artes, decoração, moda, papelaria, design, acessórios, entre outros. O cuidado com a origem do material, capacitação da mão de obra e o comércio consciente são características unânimes entre os artistas que participam do projeto. “Não vendemos apenas produtos e sim ideias. A proposta é a valorização e incentivo do design autoral”, define Vivian.

Ao longo de quatro anos, a Casa Viva já apresentou ao público pernambucano mais de 70 criadores brasileiros e recebeu mais de 25 mil visitantes. A maioria das peças são produzidas em Pernambuco, mas artistas de outros estados também marcam presença como a Da Tribu, do Belém do Pará, comandada por Kátia Fonseca. Referência no setor de moda sustentável, a marca se dedica a produção orgânica que passeiam pelo reaproveitamento de papel, linha e algodão para criação de colares, brincos, anéis, pulseiras e outros adornos. Também responsável pelo setor criativo, Kátia destaca os métodos utilizados na produção, a técnica indígena ‘encauche’, uma tecnologia florestal feita a partir do látex das seringueiras.

Para cada coleção, a Da Tribu usa novas formas de organização, propostas pelos membros de uma tribo formada por mãe e filhos. “Aqui em Belém somos referência em economia criativa e nosso objetivo é criar uma moda com propósito, colocamos nas peças o conceito afetivo, nossos produtos levam um pouco da história da Amazônia, minha experiência pessoal como ensinamentos passados pela minha mãe e minha avó”, explica Kátia.
Artigos de decoração também podem ser encontrados no projeto. Foto: Casa Viva/Divulgação
Artigos de decoração também podem ser encontrados no projeto. Foto: Casa Viva/Divulgação

Nesta edição mais de 10 estados estão representados e o público pode conferir marcas especializadas em acessórios como a Trocando em Miúdos, Tout Joalheria, Ju Fonseca, Maria Duarte Joalheria Contemporânea, Bianca Leal, entre outros. Já a Ponto 21 apresenta modelos diversificados de bolsas e mochilas. A Tamarinda traz as últimas tendências de cangas, chapéus e bolsas. A Kassy Beachwear vem com sua coleção praiana composta por peças masculinas e femininas. E para os pequenos, a Firulinha chega com moda infantil.

No setor de artes e ilustrações os visitantes poderão encontrar peças de Seu Mundico, Anna Charlie, II Ilustra, Amarelices e Moscou. Na parte de ‘Casa e Decoração’ terão as marcas Uma Chuva de Amor, Rosa Flor Ateliê, Luz da Cor, Amanda Mol, Eita!, Coisar, Crânios Cabeludos, Ponto Deco, Vitalina Casa, entre outros. E para quem gosta de papelaria, haverá produtos especiais da Detail, Deloli e Patrícia Bahia. Já com artigos de cozinha e especiarias gastronômicas quem marca presença são a Sabor Vegan e a Temperia.

9ª Edição da Casa Viva
Período: até 31 de dezembro.
Local: Piso L4 do Plaza Shopping/ Piso L1 do Shopping RioMar.
Entrada: gratuita.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.