• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Tedências Centro de Convenções recebe até amanhã feira voltada para casamentos A primeira edição da Fenoivas %u2013 Festas & Cia apresenta as últimas novidades do segmento

Por: Aline Ramos

Publicado em: 25/11/2017 08:00 Atualizado em: 24/11/2017 09:26

Durante o evento, haverá desfiles de vestidos de noivas, madrinhas e debutantes. Foto: Fenoivas/Divulgação
Durante o evento, haverá desfiles de vestidos de noivas, madrinhas e debutantes. Foto: Fenoivas/Divulgação

Na hora de festejar a vida e os momentos marcantes, os brasileiros não medem esforços para reunir os amigos e comemorar. De acordo com a pesquisa do Instituto Data Popular em conjunto com a Associação Brasileira de Eventos Sociais, os gastos com festas e cerimônias de casamentos aumentaram cerca de 25% entre 2013 e 2016, em todo Brasil. De olho nesse mercado, acontece até amanhã (26), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, a primeira edição da Fenoivas – Festas & Cia.

A feira teve início nessa sexta-feira (24) e conta com mais de 400 profissionais. Entre os segmentos estão cerimoniais, fotografia e filmagem, doces, bolos, iluminação, paisagismo e decoração, música, lembrancinhas, lista de casamento, locação de móveis, comercio e exportação, cabelo e maquiagem, empresa de aluguel de carros, roupas e acessórios, produtos e utensílios para a casa, recreação infantil, casas de recepções e buffet, barmen, celebrante, entre outros. “A principal vantagem é encontrar especialistas em várias áreas e fechar todos os serviços necessários no mesmo local, poupando tempo e dinheiro", ressalta o coordenador e idealizador do evento, Edmilson Barros.

Segundo os organizadores, a estimativa é que mais de 30 mil pessoas passem pela Fenoivas e que sejam gerados cerca de R$ 3,5 milhões em negócios, nos dias da feira e em comercializações futuras, já que muitos começam a planejar a celebração com antecedência. Apesar do momento atual não ser dos mais animadores para a economia brasileira, os profissionais do setor não vislumbram uma crise. “O nosso serviço se adequa a qualquer orçamento. Quem quer comemorar aniversário, casamento, bodas, vai fazer a festa, se não para 500 convidados, para 200. O evento acontece de todo o jeito e sem perder o glamour”, garante a empresária Elaine Maia. Ela explica que atualmente é possível realizar uma comemoração completa, com todos os itens básicos, incluindo a casa de recepções e o buffet, gastando em média R$ 16 mil.

Quando o assunto é vestido de noiva, não tem jeito, o branco reina quase que absoluto na preferência das futuras esposas, independentemente da idade, religião e do número de enlaces. Pouquíssimas optam pelo off white ou tons perolados. As mais modernas, ousam apenas na cor do forro, quando trocam o branco pelo tom nude. No entanto, as extravagâncias param por aí. O lema é quanto mais branco melhor, em se tratando do traje para o grande dia. Entre os nomes escolhidos para compor o time de fashions designers da feira, está a estilista e bordadeira Regina Machado, que atua no segmento há 17 anos, e comanda a Damas e Noivas. “O branco sempre é a opção da maioria das noivinhas, é difícil elas quererem mudar. A maioria tem optado por grandes decotes nas costas e por modelos ombro a ombro e de mangas transparentes toda bordada”, explica.

Uma das opções para economizar é optar por vestidos  que já foram utilizados. Foto: Fenoivas/Divulgação
Uma das opções para economizar é optar por vestidos que já foram utilizados. Foto: Fenoivas/Divulgação
Outra preferência em seu ateliê são os vestidos em renascença. “Esse tipo de tecido é atemporal e se adequa em matrimônios de dia ou de noite. A única diferença é que para a cerimônia noturna, a peça ganha bordados com brilho”, afirma Regina. Com relação aos vestidos de daminhas, o branco ainda impera com apenas a faixa colorida combinando com a decoração da festa. Há uma tendência de trajes de damas estampados. Mas, eu creio que essa moda seja passageira”, enfatiza. O preço médio de um vestido de noiva para o primeiro aluguel sai em torno de R$ 4 mil. “Quem optar pelo aluguel de uma peça já usada, o valor oscila entre R$ 1.800 e R$ 2.500”, avalia.

A estilista Wanessa Oliveira à frente do ateliê que leva seu nome, em Jaboatão dos Guararapes, confessa que o branco é uma unanimidade entre as suas clientes. “Todos querem vestido branco. E um detalhe importante é que a maioria opta pelo vestido princesa, com saia armada. Poucas escolhem o estilo sereia, mais ajustado ao corpo”, ressalta. De acordo com a profissional, o tule francês que é branco e com brilho é uma forte tendência entre as noivas assim como o bordado Luneville. “ Esse bordado encarece o vestido por torná-lo mais trabalhoso. Em média, num vestido em que utilizamos essa técnica, levamos de dois a três meses na sua confecção”, diz. O preço médio de uma peça com esse tipo de bordado sai em torno de R$ 5 mil. Os demais modelos variam de R$ 1.800 a R$ 2 mil.

A empresária Fátima Leal, há três anos no segmento de vestidos de festas, formandas, damas e trajes masculinos inovou na sua Chuva de Flor ao investir na moda Plus Size. “ Eu trago muitos tecidos e peças do exterior. Recentemente, decidi apostar nos números maiores, mas sem esquecer dos outros públicos. As numerações variam do 36 ao 64, para homens e mulheres. Temos que oferecer todas as opções, porque na maioria das vezes os futuros cônjuges sofrem para encontrar roupas que sirvam e acabam escolhendo não o que desejam, mas o que apenas serviu em seu corpo”, enfatiza.

Quem passar pelo Fenoivas – Festas & Cia também vai poder acompanhar, sempre a partir das 19h, desfiles de vestidos de noivas, madrinhas e debutantes criados por estilistas pernambucanos. A feira abre hoje e amanhã às 09h e segue até às 21h. A entrada custa R$ 10. Outras informações: (81) 9 8584.5405.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.