• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Gospel Moda evangélica ganha espaço e proporciona opções fashions, mas sem sair da linha A consultora de imagem e estilo Vívian Oliveira explica como usar as tendências à favor de um look recatado, porém estiloso

Por: Aline Ramos

Publicado em: 06/11/2017 08:54 Atualizado em: 06/11/2017 09:23

"Os bordados estão em alta e podem trazer um ar mais moderno ao vestido com modelagem mais comportada", afirma Vívian Oliveira. Foto: Thiago Santos/ESP.DP
"Os bordados estão em alta e podem trazer um ar mais moderno ao vestido com modelagem mais comportada", afirma Vívian Oliveira. Foto: Thiago Santos/ESP.DP
De acordo com pesquisa divulgada no ano passado pelo Instituto Datafolha, o número de evangélicos não para de crescer e já representa 29% da população brasileira. Diante desse aumento, a moda evangélica ou gospel surge como oportunidade de negócio, pois esse público apresenta características específicas no estilo de vida e consumo, que seguem as normas impostas pelas igrejas. No município de Agrestina (a 155 km do Recife), por exemplo, as roupas curtas, decotadas e justas estão cada vez mais escassas nos cabides e manequins das lojas. Isso porque, cerca de 80% das roupas produzidas por lá são voltadas para pessoas cristãs.

A consultora de imagem e estilo, Vívian Oliveira, 33 anos, que também é evangélica, explica que na maioria das vezes é quase impossível encontrar peças que se adéquem à doutrina de sua igreja em lojas que não são segmentadas para o público gospel. “Comprimentos e decotes são as principais dificuldades que encontramos na hora de fazer compras. Quando é comprido, tem uma fenda enorme. Quando é composto na frente, mostra demais as costas. Braços de fora também é um outro problema. O fato de poucas lojas enxergarem oportunidade no grupo evangélico dificulta nosso consumo, porque eles costumam fazer verdadeiras 'burcas', quando pensam em moda cristã”, afirma.

Atualmente, jovens e adultos evangélicos querem estar dentro da moda. Para as mulheres o objetivo é estarem discretas e comportadas, mas usando cores, tecidos e estampas que são tendência. “Buscamos utilizar vestimentas modestas que não devem provocar desejo ou sensualidade. Contudo, não se destina a deixar a mulher 'brega' e sim, destacar a sua beleza natural. A Bíblia e o Espírito Santo podem ser excelentes guias na hora de nos vestir. Para mim, a passagem bíblica principal sobre esse tema está em 1ª Timóteo, capítulo 2 e versículos 9 e 10 que diz: 'Quero também que as mulheres sejam sensatas e usem roupas decentes e simples. Que elas se enfeitem, mas não com penteados complicados, nem com joias de ouro ou de pérolas, nem com roupas caras! Que se enfeitem com boas ações, como devem fazer as mulheres que dizem que são dedicadas a Deus!'”, pontua.

Visando mostrar marcas que produzem especificamente para o público evangélico, Vívian Oliveira criou o primeiro evento de moda e beleza de Pernambuco voltado para esse segmento, o Gospel Fashion Day. No formato de bazar, o encontro terá a participação de mais de 30 lojas especializadas e será realizado no estacionamento do Shopping Costa Dourada, localizado no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, nos dias 10 e 11 de novembro, das 10h às 22h. “Será um grande marco para a moda cristã. Pensamos nos mínimos detalhes para oferecer a união da fé, moda e beleza, nos padrões cristãos”, conta.

A programação do Gospel Fashion Day contará com palestras, bate-papo com influenciadores digitais, além de um espaço voltado para a criançada e desfile com as novidades das marcas Chalott Hadock e Senhorita Z. Durante o evento, haverá um stand beneficente onde será vendido peças que foram doadas em bom estado. Todo o dinheiro arrecadado será doado ao Projeto Samuel. Conhecido também como Centro de Desenvolvimento Integral Vida, que assiste mais de 3 mil crianças, em situação de risco e exclusão social.

>>TRÊS PERGUNTAS:

Dá para ser fashion mesmo sendo evangélica?

Sim! Escolhendo as peças certas podemos ficar antenadas com a moda. O ideal é adaptar às tendências ao nosso estilo sem deixar a modéstia de lado.

Como inovar usando saias, vestidos e blusas com mangas?

A moda é bem versátil. Hoje, as sobreposições de vestidos, blusas proporcionam aquela pegada fashionista ao look. Para trazer modernidade, o interessante é apostar num colete ou blaser oversize. Também dá para brincar utilizando uma sia de tule com calça.

Quais dicas você dá para quem quer estar antenada com as tendências, mas sem sair da linha?

Ponderar e ter bom senso. Conseguimos seguir tendências e ainda assim se vestir de acordo com os padrões cristãos.

>>O QUE VESTIR?

Discreta e elegante – As doutrinas mais exigentes com relação a usos e costumes recomendam saias na altura do joelho ou abaixo, blusas com mangas, cuidado com transparências, estampas e decotes.

Looks para trabalhar – Como você deve usar saias, aproveite toda sua feminilidade. Aposte em uma barra assimétrica ou em efeitos diferentes para dar um ar diferente e estiloso às saias do dia a dia. Se você tiver um jantar ou um compromisso depois do trabalho, a dica é simples: troque as sapatilhas por salto alto e está pronta para a noite.

Roupas para o dia – Tem algum almoço, festa de aniversário ou vai fazer um passeio? Invista na clássica saia godê, ainda mais se você ama um estilo retrô, pode usar saias com forro e deixar rendas e tules mais aparentes, porém de forma discreta e muito bonita. Outro recurso que pode tornar a moda evangélica mais interessante é o comprimento midi, no meio das canelas, que além de estar super em alta, deixa a mulher mais elegante.

Para comemorar – Você pode ir a uma festa com um vestido de arrasar e ainda ser discreta. A dica é manter o comprimento abaixo dos joelhos, optar por vestidos com mangas e sem decotes exagerados. Porém, neste momento, você pode abusar dos brilhos, bordados e estampas para dar aquele up no visual. Para ocasiões mais formais, os vestidos longos são ótimas pedidas. A boa notícia é que estes modelos, com mangas longas e golas, continuam sendo tendência no mundo da moda.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.