Gastrô Bolos caseiros de vários sabores invadem a mesa dos recifenses Estabelecimentos apostam no potencial 'afetivo' dessas fatias para levando as 'receitas das avós' para o grande público

Publicado em: 26/01/2019 08:31 Atualizado em: 11/02/2019 14:21

Foto: Gabriel Melo/Esp. DP
Foto: Gabriel Melo/Esp. DP

Fermento, farinha de trigo, leite, ovos, açúcar e muito carinho. O bolo do tipo “caseiro” é uma daquelas comidas que consegue ativar diversas sensações para além do paladar: passeia entre nostalgia e o alento. Acompanhadas por cafés, chás ou sucos, as fatias remetem a momentos singelos amigos e familiares. É apostando nesse potencial “afetivo” que alguns estabelecimentos no Recife apostam na produção de bolos caseiro de inúmeros sabores, levando as “receitas das avós” para o grande público. As opções também incluem produção sob encomenda, facilitando a vida de quem desse a ter um bolo caseiro na mesa sem precisar colocar as mãos na massa.

Os diferenciais dos bolos produzidos em indústria são inúmeros. Para realmente ter um gosto de “casa”, é preciso não usar produtos químicos, como anti-mofo e outros populares na grande indústria, como corantes e sabores artificializados. O foco é a produção artesanal diária, acompanhada com alguns detalhes extras como a apresentação - quando servido no estabelecimento - e embalagem. Na crise econômica, a venda desse tipo de produto se tornou ainda mais popular como casamento dos âmbitos “caseiros” e “gourmet”.

Um exemplo de estabelecimento que aposta nesse tipo de cozinha é a Casa de Bolos, uma franquia que nasceu em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, através de receitas caseiras da avó Sônia, responsável por criar o catálogo de 40 sabores que virou padrão da empresa - no Recife, uma das franquias funciona na Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 2041, em Boa Viagem, atendendo clientes das 8h às 18h. “Vendemos exclusivamente para encomendas. O cliente pode fazer uma degustação na loja”, diz Elaine Câmara, que comanda o negócio ao lado do marido Enildo Arruda Câmara.

Foto: Gabriel Melo/Esp. DP
Foto: Gabriel Melo/Esp. DP

São mais de quarenta sabores de bolos caseiros para a clientela escolher, como sugestão acompanhando um café, com destaque para os sabores leite ninho (que leva leite condensado, leite ninho, creme de leite e iogurte integral natural), brigadeiro e maracujá e morango. “É um tipo de bolo que você comeria na casa da sua avó, na casa da sua mãe, isso traz memórias. Eles levam uma cobertura especial, um creme próprio que a dona da franquia apelidou de ‘creme da avó sônia’. Nisso temos recheios diferenciados, por exemplo, que podem de nozes”, explica Elaine, que também ressalta que todos os bolos são produzidos no dia da entrega.

Os bolos funcionais também são muito procurados e estão disponíveis para venda em três sabores: cenoura, milho e cacau. Os de versão diet são elaborados com farinha integral e apresentam quatro sabores: laranja, limão, maçã e maracujá. O tamanho da forma varia de 22cm (padrão) para 20cm (menor, apelidado de ‘baby’). Na categoria de bolos caseiros “no pote”, o cliente tem treze sabores à disposição para escolher.

Foto: Rapha Câmara/Divulgação
Foto: Rapha Câmara/Divulgação

Outro exemplo é o Boleria das Marias, com três franquias na cidade Setúbal, Graças e Casa Forte. Também segue uma linha similar à anterior, mas também conta com espaço para consumo dentro do estabelecimento. Dos três sócios, duas se chamam Maria - Maria Jaqueline e Maria Elizabeth, justificando o nome da empresa. “O início foi em 2015, com a intenção de vender bolos caseiros. Esse foi o negócio inicial, mas também ampliamos para o café . Hoje temos um ambiente de cafeteria, doceria e boleria em um ambiente só”, afirma Samuel, um dos sócios.

O ambiente de todas as franquias tem uma cara de casa antiga, com toda a decoração voltada para esse proposta. Também realiza entregas a domicílio. Assim como na Casa de Bolos, o grande sucesso também é o bolo de ninho, junto com o bolo de chocolate (50% de cacau e sem nenhum achocolatado). Outro destaque é a torta de maçã e alguns salgados que podem acompanhar os bolos, a exemplo da torta de frango. “O bolo e o salgado juntos ficam com um desconto. Esse combo é o que faz mais sucesso nas encomendas”, diz Samuel.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.