Receita Que tal criar novas receitas com a massa de tapioca? Versatilidade da farinha de mandioca vai além da tradicional tapioca e vira ingrediente em massas de crepes, sobremesas e salvação para celíacos

Por: Mirella Monteiro - Diarios Associados

Publicado em: 22/05/2015 10:00 Atualizado em: 21/05/2015 20:48

Sansa, no bairro do Recife, oferece vários tipos de crepioca. Foto: Sansa/ Divulgação
Sansa, no bairro do Recife, oferece vários tipos de crepioca. Foto: Sansa/ Divulgação
A busca por alimentos saudáveis já não faz parte apenas da vida de pessoas consideradas “fitness”. Sementes, sucos verdes, grãos integrais e pratos mais lights começam a integrar dietas até de quem nunca imaginou entrar em uma. A farinha de mandioca por exemplo, conhecida popularmente por goma de tapioca, está presente em diversas receitas. Além de sabor, a massa superversátil proporciona mais nutrientes e vitaminas enriquecendo, assim, o valor nutricional de criativas pedidas. É um coringa, também, no cardápio dos celíacos, substituindo a farinha de trigo em diversas receitas.

A massa pode chegar à mesa com nome e sabor de Crepioca. Já ouviu falar? A mistura de farinha de tapioca e ovo pode levar qualquer ingrediente na composição do recheio. No Sansa, a sugestão da chef Taciana Teti é aproveitar os recheios dos sanduíches e substituir o pão pela massa, dando origem à Crepioca. Entre as opções, a de Carne e chilli (R$ 19,50) – massa recheada com muçarela, carne levemente picante, tomate pelado e alface; e a Thai (R$ 19,50) – recheio de peito de frango desfiado ao molho curry e coco, alface e geleia de abacaxi.
Pudim de tapioca é opção no Papaya Verde. Foto: Papaya Verde/ Divulgação
Pudim de tapioca é opção no Papaya Verde. Foto: Papaya Verde/ Divulgação

O pudim de tapioca não faz feio diante do tradicional de leite. No restaurante Papaya Verde, a sobremesa fica disponível no buffet apenas no horário de almoço. Ela pode se apresentar nas versões diet, vegana ou normal. E para quem quiser levar para casa, basta encomendar. Joca Pontes, do Ponte Nova, também inova com a iguaria. A sobremesa Dadinho de chuva (R$ 16,90) é uma tapioca crocante passada no açúcar com canela, tofe de caramelo com flor de sal, compota de goiaba, manjericão e sorvete de nata goiaba.

A chef Karyna Maranhão faz a mini tapioca banhada no suco de beterraba. Foto: Karyna Maranhão/ Divulgação
A chef Karyna Maranhão faz a mini tapioca banhada no suco de beterraba. Foto: Karyna Maranhão/ Divulgação
No balneário de Porto de Galinhas, a sobremesa da chef Cláudia Câmara, que usa do sabor da goma da tapioca, integra o cardápio doce do seu La Crêperie. O Crepe Cascudo (R$ 23) – coco fresco, queijo regional, sorvete de tapioca, mel de engenho e bolinhas de tapioca faz sucesso. Além da receita doce, Cláudia aproveita para divulgar sua nova invenção: “Em agosto, devo lançar uma espécie de crepioca, mas que não é. Feita de uma mistura de farinha de mandioca, farinha de arroz e farinha de fécula de batata, especial para celíacos”, adianta a chef para o Gastrô.

Apresentação

Apesar de toda versatilidade da massa, a tradicional tapioca ainda é campeã na preferência do público. Para deixá-la mais bonita, saborosa e, de quebra, mais nutritiva, a chef Karynna Maranhão aposta na Tapioca rosa de beterraba, hidratando a massa no suco do legume por alguns minutos. Os recheios sugeridos são ricota fresca com mel, banana com canela ou ovos com presunto de peru e ervas finas.

De acordo com a nutricionista e coordenadora do curso de nutrição da Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), Fabrícia Padilha, a chia, a linhaça e o gergelim também podem entrar em cena e complementar o valor nutricional do alimento. “A goma de tapioca é composta, basicamente, por carboidrato. Por não conter tanta fibra, as sementes podem trazer esse benefício, principalmente se recheada com queijo branco ou frango desfiado, que são boas sugestões de proteína”, esclarece.

Para Fabrícia, a ideia de banhar a massa em um suco nutritivo como o de beterraba é bastante enriquecedor, uma vez que as vitaminas hidrossolúveis do vegetal se unem às da goma. Outras opções para mudar de cor e de sabor é hidratá-la no suco de cenoura ou de couve.
Crepe Cascudo consiste no sorvete de tapioca com bolinhas de tapioca. Foto: La Crêperie/ Divulgação
Crepe Cascudo consiste no sorvete de tapioca com bolinhas de tapioca. Foto: La Crêperie/ Divulgação


Serviço:

Sansa – Sanduíches e Saladas
Onde: Rua Doná Maria César, 170, Recife
Informações: 3224-7614

Papaya Verde

Onde: Rua Santo Elías, 409, Espinheiro
Informações: 3241-6342

La Crêperie
Onde: Rua Beijupirá, s/n, Porto de Galinhas
Informações: 3552-1831 / 9627-2424

Ponte Nova
Onde: Rua do Cupim, 172, Graças
Informações: 3327-7226

O Pátio Café & Cozinha
Onde: Avenida Rui Barbosa, 141, Graças
Informações: 3034-3534

RECEITA
Massa da Crepioca (La Crêperie, em Porto de Galinhas)


Ingredientes:

1 pitada de sal
1 copo de leite
1 copo americano da mistura (farinha de mandioca, farinha de arroz, farinha de fécula de batata)
1 colher de sopa de azeite

Modo de preparo:


Junte todos os ingredientes e bata no liquidificador . Depois, deixe a mistura descansando em temperatura ambiente por 10 minutos no próprio liquidificador ou em um recipiente. Por fim, é só colocar a quantidade que quiser na frigideira e acrescentar o recheio desejado. A massa pode ser congelada podendo durar até dois meses.

TAGS:

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.