Zona Sul Novo espaço gastronômico em Boa Viagem promove experiência de sabores Com temakeria, hamburgueria e paleteria, Villa Gourmet virou novo point no bairro

Por: Tatiana Meira

Publicado em: 20/03/2015 19:30 Atualizado em: 23/03/2015 13:54

Carpaccio de salmão da Wada Tamakaria; Hambúrguer de cordeiro empanado e Sanduíche vegetariano Ponte Nilo Coelho, ambos do Kwai Burguer. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press
Carpaccio de salmão da Wada Tamakaria; Hambúrguer de cordeiro empanado e Sanduíche vegetariano Ponte Nilo Coelho, ambos do Kwai Burguer. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press
Hambúrgueres e outros sanduíches de um lado. Do outro, iguarias orientais. Para completar, os novos picolés ao estilo “mexicano”, as paletas, mas com DNA pernambucano. O que poderia parecer uma mistura desconexa faz todo sentido no Villa Gourmet, aberto no dia 15 de janeiro, na Avenida Visconde de Jequitinhonha, no trecho já mais próximo ao Shopping Recife, em Boa Viagem.

O gostoso da experiência de frequentar a Villa Gourmet é poder permanecer em um ambiente e pedir ao garçom as sugestões do cardápio “alheio”. Sendo assim, quem se senta numa das 100 mesas pode solicitar o novo hambúrguer do Kwai, o exótico Allah-lá-ô (R$ 24,90), criado para o carnaval, feito com 160 gramas de carne de cordeiro empanada em hortelã egípcio, cebola roxa, molho especial e calda de uva; uma entrada da Wada temakeria, a exemplo do Tartar de salmão, que vem com massa de rolinho primavera e pasta de missô (soja; R$ 22,90).

E ainda arrematar com um superpicolé de no mínimo 124 gramas da ¿Qué Pasa? - Paleteria Mexicana, que oferece cerca de 20 sabores, entre eles morango com leite condensado, pistache e café com caramelo e Ferrero (a base de avelãs), com valores de R$ 6 (frutados) a R$ 9 (especiais e premium).

Villa Gourmet contempla três empreendimentos em um amplo espaço na Zona Sul. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press
Villa Gourmet contempla três empreendimentos em um amplo espaço na Zona Sul. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press

A ideia partiu de três jovens sócios, depois que um deles pensou em montar algum empreendimento da área gastronômica no terreno baldio ao lado de casa. O engenheiro de pesca Dyego Stamford, Leandro Menezes - que já trabalhava com contêineres, e Leandro Damascena. “O que a gente não esperava é que o negócio fosse crescer em tão pouco tempo. Somente a fase da obra demorou um ano e quatro meses.

O que seria um U de contêiner viraram vários deles, interligados”, detalha Dyego, acrescentando que o projeto arquitetônico e ambientação, com boa sacadas como o teto e os palets substituindo a estrutura dos balcões, é assinado por sua mãe, Janey Leal Stamford. “Fomos os primeiros a ser convidados por Leandro (Menezes) para vir para cá. E parece que os clientes da Zona Sul gostam mesmo de hambúrguer, pois o faturamento é maior do que em nossa primeira loja, na Jaqueira”, pontua o empresário e “misturador de sabores” Robert Mocock, que no Kwai do Villa Gourmet é sócio de Léo Lemos e Joaquim Costa.

Tako Wada, da Wada Tamakaria. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press
Tako Wada, da Wada Tamakaria. Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press

Na Wada - wa significa harmonia e da, plantão, em japonês, daí o símbolo do restaurante ser um camponês em momento de colheita -, que traz cardápio pensado pelo chef consultor William Dantas - uma das premissas é utilizar produtos de qualidade, na busca de um resultado gourmet.

Há algumas pedidas que valem a pena provar, como o Carpaccio de salmão (R$ 30,90), com as lâminas de peixe superpostas por finas fatias de laranja, shimeji, shitake e brotos, guarnecido com três molhos (pesto, teriaki e shoyo) e o Tako Wada (R$ 21,90), polvo falmabdo com alho-poró, cebolas mini, shimeji, shitake e amendoim, salpicado com gergelim torrado.

Serviço

Villa Gourmet
Onde: Avenida Visconde de Jequitinhonha, 535, Boa Viagem
Quando: De segunda a quarta-feira, das 18h à 0h. Quinta a sábado, das 18h à 1h. Domingo, das 17h às 23h
Informações: 3129-9038

[object Window] ([object Window])
[object Window]



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.