Olinda Show, humor e gastronomia requintada faz parte da programação de casa recém-inaugurada em Olinda O Manny Deck Bar, construído na casa onde funcionava o antigo Manicômico, faz sucesso na beira-mar de Olinda com menos de um mês de funcionamento

Por: Mirella Monteiro - Diarios Associados

Publicado em: 20/03/2015 18:00 Atualizado em: 20/03/2015 21:25

Com grande variedade de sushis, o Manny Deck permite que o cliente monte a sua própria barca produzida pelos chefs Guga Galvão e César Souza. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
Com grande variedade de sushis, o Manny Deck permite que o cliente monte a sua própria barca produzida pelos chefs Guga Galvão e César Souza. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
Filho dos donos do antigo bar Manicômico, na beira-mar de Olinda, Eduardo Meireles quis inovar. Com auxílio do chef consultor Guga Galvão e do chef da casa, César Souza, e inspirado em bares europeus, a proposta era fazer uma reforma no espaço e tornar o lugar tão atrativo quanto os do exterior. Eis que surgiu o Manny Deck Bar.

Para Guga Galvão, os destaques ficam por conta dos pratos exclusivos que recebem o nome da casa. Manny Tataki (R$ 19,90) – sashimi de salmão maçaricado com geleia de limão siciliano; Manny magurôdjo (R$ 13,50) – lâmina de atum com recheio de pasta de atum e gergelim torrado; Manny baguete de frango (R$ 22) – fatiado com queijo gouda maçaricado, guarnecido com batata frita e molho mostarda.

Shakê maracujádjô - salmão recheado com creme de maracujá - entra na parte de exclusividade do cardápio. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
Shakê maracujádjô - salmão recheado com creme de maracujá - entra na parte de exclusividade do cardápio. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press


O suculento sushi de salmão, decorado com fatias de limão, está entre os mais pedidos da culinária oriental. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
O suculento sushi de salmão, decorado com fatias de limão, está entre os mais pedidos da culinária oriental. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press



Para entrada, sugestão é o espetinho de frutos do mar. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
Para entrada, sugestão é o espetinho de frutos do mar. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
Os drinques também entram na lista: o Manny Oriente (R$ 12) – saquê, xarope de maçã verde, chá verde e gelo; o Manny sakerosca (R$ 13) - saquê, morangos frescos macerados, açúcar e gelo; e o Manny Spritz (R$ 15) – vodca de pêssego, aperol, espumante Salton Brut e soda.

As receitas que lideram o ranking das mais pedidas  são as mais tradicionais. O Espetinho de frutos do mar na manteiga de alcaparras (R$ 19,90) é uma ótima sugestão para entrada. O Churrasco olindense (R$ 68) – 400g de picanha argentina com queijo qualho na chapa, guarnecida por vinagrete de maracujá, farofa de feijão verde e macaxeira frita - serve três pessoas (ou mais).

O maracujá está presente não só na vinagrete, mas nos sushis e molhos. Aliás, não só ele. César Souza explora várias frutas que servem tanto como ingredientes, como para enfeitar as sofisticadas barcas de sushis. O Shakê maracujádjô maçaricado (R$ 13,50), consiste na tradicional lâmina de salmão recheada com creme de maracujá.

A combinação fica uma delícia. Alguns pratos da culinária oriental são decorados com finas fatias de maçã que aparecem em forma de leque. Ajudam no visual e no sabor da receita. Todas as quintas-feiras, a partir das 21h, a casa tem show de humor e voz e violão. E uma programação de shows anima as noites de sextas, sábados e domingos.

Serviço

Manny Deck Bar
Onde: Avenida Beira Mar, início da orla de Olinda (onde funcionava o antigo Manicômico)
Funcionamento: de terça a sábado, a partir das 18h. Domingo, a partir das 17h.
Informações: 3318-0226

Como prato principal, a sugestão dos chefs da casa é o Churrasco olindense, que acompanha vinagrete feita com molho de maracujá e farofa de feijão verde. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press
Como prato principal, a sugestão dos chefs da casa é o Churrasco olindense, que acompanha vinagrete feita com molho de maracujá e farofa de feijão verde. Foto: João Velozo/ Esp. DP/ D.A Press



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.