Bar Já provou um carpaccio do queijo coalho? Container que virou novo point da Zona Norte tem Comandado pelo chef Pedro Godoy, o Vaporetto é uma grata surpresa para quem quer ir além das cervejas e drinks no happy hour

Por: Diogo Carvalho

Publicado em: 31/10/2014 08:30 Atualizado em: 30/10/2014 00:39

Queijo coalho ganha status gourmet e é transformado num carpaccio, que pode ser degustado diante de uma bela vista na varanda do Vaporetto. Créditos: Diogo Carvalho/DP
Queijo coalho ganha status gourmet e é transformado num carpaccio, que pode ser degustado diante de uma bela vista na varanda do Vaporetto. Créditos: Diogo Carvalho/DP


Aos 23 anos, Pedro Godoy é um daqueles chefs pernambucanos que sempre surpreendem. Com talento de sobra no fogão, a pouca idade é refletida na ânsia de inovar. Não por acaso, ele tenha sido a aposta mais certeira do empresário Eduardo Freyre para assumir o comando da cozinha do Vaporetto Container Bar, o novo e descolado point da Zona Norte do Recife. "O desafio era agradar o paladar desse público jovem, acostumado a sentar num bar apenas para beber", conta Pedro, que trasnformou o espaço numa verdadeira petiscaria gourmet.

Nada daqueles salgadinhos gordurosos de botecos. O menu é regional e contemporâneo, dando uma saborosa repaginada a elementos comuns na cozinha de qualquer casa, como a batata doce e a carne de sol. Tão querido dos pernambucanos, o queijo coalho ganha status de luxo e é maçaricado para se transformar num carpaccio (R$ 24,90), acompanhado de saladinha de rúcula e tomate ao pesto de manjericão e chips de batata doce.

Snack Vaporetto 3 traz um mix de queijo empanado, camarões, frango com mel de engenho e geleia de frutas; Risoto de queijo do reino é uma das boas pedidas de principais; para sobremesa, aposte no Bolo de rolo crocante
Snack Vaporetto 3 traz um mix de queijo empanado, camarões, frango com mel de engenho e geleia de frutas; Risoto de queijo do reino é uma das boas pedidas de principais; para sobremesa, aposte no Bolo de rolo crocante


Empanado, o queijo ganha companhia do camarão em farinha panko e frango acebolado no mel de engenho no Snack Vaporetto 3 (R$ 35,90), um dos campeões de venda. A paixão do chef pelas frutas tropicais é colocada à prova nos molhos que acompanham os petiscos. O de geleia de pimenta com abacaxi é imperdível, assim como os de pitanga e de maracujá.

O coalho também é elemento marcante no carro-chefe Uma mulher vestida de sol (R$ 26,90) - homenagem ao chef e amigo Rivandro Santos, do Cozinhando Escondidinho -, que ainda leva cubos de carne de sol, batata doce, pimenta biquinho e castanhas de caju refogados na manteiga de garrafa e mel de engenho.

La Gondola - pão italiano gratinado e recheado com creme de gorgonzola e mignon ou camarões - é o favorito do chef Pedro Godoy
La Gondola - pão italiano gratinado e recheado com creme de gorgonzola e mignon ou camarões - é o favorito do chef Pedro Godoy


Mas o grande orgulho de Pedro Godoy é mesmo o La Gondola, um incrível pão italiano gratinado e recheado com creme de gorgonzola e cubos de filé (R$ 39,90) ou camarão (R$ 41,90). Tudo em porções bem generosas. No Vaporetto, o filé com fritas de simples não tem nada. Ele é banhado por molho demi glace (R$ 29,90), funghi (R$ 32) e blue cheese (R$ 32).

Para quem estiver com muita fome, três opções de principais, com destaque para o Meu Nobre (R$ 45) - risoto de queijo do reino com camarões. As outras sugestões são o Filé ao Rei (R$ 38,90) - mignon ao molho de queijo do reino com linguine puxado na manteiga com toque de manjericão e farofa de alho - e o Granfino (R$ 38,90) - um filé de salmão em crosta de ervas, molho de maracujá e risoto de alho poró e limão siciliano. Para fechar a refeição, o Bolo de rolo crocante com sorvete de tapioca e calda de goiabada (R$ 16).

Ambiente sustentável é decorado com móveis de madeira de demolição e as luminárias feitas com tonéis de óleo diesel. Eduardo Freyre exibe o novo bar, montado em quatro containers
Ambiente sustentável é decorado com móveis de madeira de demolição e as luminárias feitas com tonéis de óleo diesel. Eduardo Freyre exibe o novo bar, montado em quatro containers


Moderno
Todas as delícias podem ser degustadas com bela vista para uma pracinha arborizada. O bar aposta no conceito de sustentabilidade e foi instalado em quatro containers. A decoração é feita com móveis de madeira de demolição e as luminárias feitas com tonéis de óleo diesel. Nas paredes, painéis de João Faissal e uma pintura de Raoni Assis. O som descolado é comandado por uma jukebox.

De olho no happy hour, o bar tem uma carta com cervejas Antarctica Original, Devassa, Heineken e Itaipava Premium. O chopp é Babylon. Na quarta-feira, tem clone de Devassa.

SERVIÇO

Vaporetto Container Bar
Onde: Rua Leopoldino Silva, 100, Casa Forte (na pracinha do Colégio Eminente)
Funcionamento: De terça a sexta, das 17h até o último cliente; Sábados e domingos, das 15h até o último cliente.
Informações: 9930-9313

Para o Roda de Boteco, Pedro Godoy criou um vatapá que usa a manga como base, ao invés do dendê
Para o Roda de Boteco, Pedro Godoy criou um vatapá que usa a manga como base, ao invés do dendê


No Roda de Boteco

Indo bem além das frituras, o chef Pedro Godoy aposta numa comida de boteco remodelada para o Vaporetto. O bar de Casa Forte estreia no festival Roda de Boteco com uma releitura de um clássico: o Vatapá aos 4 Cantos tem a base de manga (ao invés do gorduroso óleo de dendê), com camarões, queijo coalho maçaricado e servido com torradas e beiju.

Essa é apenas uma das receitas criadas pelos 36 estabelecimentos do estado participantes da 10ª edição do evento, que vai até o dia 22 de novembro. Os concorrentes receberam o desafio de elaborar novos petiscos  ao preço de R,90.

A única ordem é abusar da criatividade. Apesar de não investir na gastronomia japonesa, o Manos Bar (Boa Viagem) desenvolveu um Sushi de feijoada - recheado com bacon, charque e feijão preto e guarnecido por um molho picante de cream cheese e pimenta bico de moça. No Cia do Chopp (Boa VIagem), a pedida são os Pastéis de cassoulet, adaptação portuguesa do cassoulet francês, pois inclui chouriço  e paio, ao porco, cordeiro e feijão branco guizados. De tira-gosto, eles ainda servem o caldinho proveniente do preparo do recheio.

São os clientes que votam nos melhores petiscos e serviços de cada bar. O resultado é dado em 30 de novembro no Botecão, uma feira aberta ao público, com todos as receitas, na Praça do Arsenal.

Confira a lista completa dos bares e botecos no diariode.pe/rmf.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.