Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Disputas » Rodada decisiva para seleções que ainda não conseguiram vaga para a Copa 2018 Jogos importantes movimentam eliminatórias para o mundial da Rússia de hoje até terça-feira

Fred Figueiroa

Publicação: 05/10/2017 09:35 Atualização:

Nesta quinta-feira, o time do técnico Tite enfrentará a Bolívia, na altitude de 3600m de La Paz. Foto: Rener Pinheiro/MoWa Press
Nesta quinta-feira, o time do técnico Tite enfrentará a Bolívia, na altitude de 3600m de La Paz. Foto: Rener Pinheiro/MoWa Press


Com 24 vagas ainda abertas, a Copa do Mundo da Rússia terá seis dias intensos de hoje até terça-feira. Nesse período, de 13 a 15 seleções vão garantir oficialmente seus lugares no torneio. Quatro continentes estão nos últimos capítulos das suas Eliminatórias, deixando apenas as dramáticas repescagens para novembro. As exceções são a África - onde não há vaga para repescagem - e a Oceania, que já encerrou os jogos. 

Paralelamente à disputa por vagas no Mundial, acontece uma outra corrida para a definição dos últimos seis cabeças de chave. Desde a edição de 2014, a Fifa estabeleceu que o seu ranking é o único critério para a composição dos potes no sorteio.

Uma coisa de cada vez. Primeiro vamos nos ater à disputa pelas vagas restantes. Oficialmente são 24. Mas, na prática, pelo menos seis delas estão encaminhadas. Só uma série de combinações de resultados improváveis pode tirar Uruguai, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Sérvia, Costa Rica e Nigéria do Mundial. A tendência é que essas seis seleções confirmem suas vagas logo nesta primeira rodada -  de hoje a sábado.

Para as outras 18 vagas, aí sim, existe um mar de indefinições. Talvez França e Colômbia sejam os únicos casos em que há um favoritismo mais claro em suas disputas. Os Bleus poderiam estar com a situação definida não fosse o inexplicável empate em 0 a 0 com Luxemburgo em Toulouse, na rodada passada, três dias depois de atropelarem a Holanda por 4 a 0. Agora, para não correr risco de perder a 1ª posição no duro grupo A, precisam vencer os dois últimos jogos. Sábado contra a Bulgária (quase eliminada) e terça contra a lanterna Belarus, em Paris. 

No caso da Colômbia, a vaga pode vir hoje. Precisa vencer o Paraguai em casa (o que já garante, no mínimo, o lugar na repescagem). Ficaria na dependência de um empate entre Argentina e Peru ou de uma derrota ou empate do Chile contra o Equador.

Potências 
Indefinições se confundem com dramas. E envolvem diretamente potências do futebol mundial. O caso mais complicado é o da Holanda - vice-campeã  mundial em 2010 e terceira em 2014. Por mais que dependa apenas de si mesma, tudo indica que a vaga na repescagem só será possível com duas goleadas. 

Sábado, fora de casa, contra a eliminada Belarus é uma possibilidade factível. O problema é repetir a dose na terça, contra a Suécia, em Amsterdã. Considerando o saldo atual, os holendeses precisariam de um 3 a 0. Resta saber como esse saldo ficará depois de sábado, quando as duas seleções têm adversários frágeis.  

A Itália, depois da derrota em Madri no mês passado, ficou condenada à repescagem. Caminho que pode ser trilhado também por Portugal caso não vença seus dois últimos jogos - incluindo um confronto direto contra a Suíça, em Lisboa.

Decisões 
Na Concacaf, os EUA recebem o Panamá amanhã em um confronto direto pela 3ª e última vaga do continente. Os panamenhos estão um ponto acima. Honduras está lado a lado com os norte-americanos e ameaçam inclusive a vaga na repescagem contra o 5º colocado da Ásia. Síria e Austrália iniciam a disputa desta posição hoje pela manhã.
 
Classificados
 
Brasil
21 edições (1930 - 2018)

México
16 edições 

Bélgica
13 edições 

Rússia
11 edições (inclui a União Soviética)

Coreia do Sul
9 edições 

Japão
6 edições 

Irã
5 edições 

Arábia Saudita
4 edições  
 
Quase garantidos
 
Uruguai
Precisa de uma vitória em dois jogos, contra as eliminadas Venezuela e Bolívia.

Costa Rica
Precisa apenas de um empate em dois jogos (Honduras e Panamá)

Alemanha
Precisa de um empate hoje contra a Irlanda do Norte ou de uma vitória contra o eliminado Azerbaijão em casa.

Inglaterra
Precisa de uma vitória em dois jogos (Eslovênia em casa ou Lituânia fora)

Espanha
Se vencer a Albânia hoje ou Israel domingo está classificada, já que tem 17 gols de vantagem no saldo contra a Itália.

Sérvia
Precisa de apenas uma vitória contra Áustria ou Georgia, ambas eliminadas.

Nigéria
Precisa vencer Zâmbia em casa, sábado, que garante a vaga antecipadamente. 
 
Quantas vagas serão definidas até terça
América do Sul    3
Concacaf    2
Europa    8
África    0 a 2*
 
As vagas que ficarão para Novembro 
África    0 a 5*
Repescagem da Europa    4
Repescagem mundial    2 
 
Como serão as repescagens em novembro
Nova Zelândia     X     5º da América do Sul
Austrália ou Síria     X     4º da Concacaf 
 
Argentina
O grande jogo de hoje, sem dúvida, acontece na La Bombonera. Ambiente de absoluta pressão escolhido pela AFA para a decisão entre Argentina e Peru. Os dois países estão empatados com 24 pontos, na 4ª e 5ª posições. Os peruanos têm a vantagem do saldo e podem administrar o empate. O que agrava a missão do time de Jorge Sampaoli. O buraco em que a Argentina se meteu foi criado após o empate em 1 a 1 com a eliminada Venezuela, rodada passada, em pleno Monumental de Nuñez. 
 
Seleções de peso ameaçadas
 
Holanda
Vice-campeã do Mundo em 2010 e 3ª colocada em 2014, a seleção holandesa está numa situação quase irreversível no grupo A - liderado pela França. Ocupa a 3ª posição, três pontos atrás da Suécia e - o pior - com seis gols a menos de saldo. A missão de Robben e cia. é aplicar uma goleada histórica sobre Belarus, fora de casa, no sábado. O problema é que, ao mesmo tempo, a Suécia recebe Luxemburgo em Estocolmo. Na última rodada (terça-feira) haverá um confronto direto em Amsterdã. No cenário atual, a Holanda precisaria golear a Suécia por 3 gols de diferença. E detalhe: Ainda que consiga, correrá o risco de ser a pior segunda colocada entre os nove grupos e, assim, ficar fora da repescagem.

Itália
Não há risco de eliminação antecipada, mas a tetracampeã do mundo certamente disputará sua vaga na repescagem de novembro. O adversário sairá de um sorteio.
 
Portugal
A tendência é que o time de Cristiano Ronaldo dispute a vaga direta na próxima terça-feira em um confronto contra a Suíça em Lisboa. As duas seleções devem vencer seus jogos sem problema no sábado. E, se isso acontecer, os visitantes jogarão pelo empate na “decisão”. Quem perder, segue para a repescagem.  

Argentina
De novo, os argentinos vivem um certo drama nas eliminatórias e farão um jogo “de vida ou morte” contra o Peru hoje à noite, em La Bombonera. As duas seleções estão empatadas com 24 pontos, na 4ª e 5ª posições respectivamente. Logo atrás, o Chile ameaça com 23. Um empate em Buenos Aires, por exemplo, pode deixar Messia e cia. fora da zona de classificação (até da repescagem) faltando uma rodada. Na terça, a Argentina encara o Equador fora de casa e - caso não ganhe hoje - teria que vencer em Quito e torcer por tropeços do Peru, contra a Colômbia, ou do Chile, contra o Brasil (já imaginou?).
 
Chile
Está longe de ser uma potência em Copas do Mundo, mas ganhou peso ao ter conquistado as duas últimas edições da Copa América. Estava numa situação confortável até o último giro das Eliminatórias, quando foi goleado pelo Paraguai, em Santiago, e  perdeu da eliminada Bolívia, em La Paz. Os chilenos cavaram um buraco que só deve ter saída em caso de duas vitórias. Hoje contra o Equador, em casa, e o maior problema, terça-feira contra o Brasil em São Paulo.  
 
Eliminadas
Camarões e Argélia
Maior representante africano em Copas  (sete participações), Camarões sucumbiu no “grupo da morte” do seu continente. Caiu na mesma chave das também tradicionais Nigéria e Argélia. Em quatro jogos, perdeu apenas um, mas os três empates afundaram a campanha. A Argélia, foi ainda pior e só somou um ponto. 

Jogos de hoje

América do Sul
17h    Bolívia    X    Brasil
18h    Venezuela    X    Uruguai
20h30    Argentina    X    Peru
20h30    Chile    X    Equador
20h30    Colômbia    X    Paraguai

Europa
13h    Armênia    X    Polônia
13h    Azerbaijão    X    Rep. Checa
15h45    Escócia    X    Eslováquia
15h45    Inglaterra    X    Eslovênia
15h45    Irlanda do N.    X    Alemanha
15h45    Malta    X    Lituânia
15h45    Montenegro    X    Dinamarca
15h45    Romênia    X    Cazaquistão
15h45    São Marino    X    Noruega

Ásia
9h30    Siria    X    Austrália
 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »