reforma da previdência Bolsonaro acredita na aprovação da reforma da Previdência no 1° semestre

Por: Rodolfo Costa - Correio Braziliense

Publicado em: 08/03/2019 12:20 Atualizado em:

Na avaliação dele, é preciso celeridade no processo de tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) encaminhada pelo governo ao Congresso. Foto: Mauro Pimentel/AFP
Na avaliação dele, é preciso celeridade no processo de tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) encaminhada pelo governo ao Congresso. Foto: Mauro Pimentel/AFP
O presidente Jair Bolsonaro demonstrou confiança com a aprovação da reforma da Previdência ainda no primeiro semestre deste ano. “Acredito que sim”, declarou nesta sexta-feira (8/3). Na avaliação dele, é preciso celeridade no processo de tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) encaminhada pelo governo ao Congresso. “Não pode levar um ano para aprovar uma reforma”, ponderou. 

A postura de Bolsonaro em defender a reforma mantém o cronograma cobrado por aliados. Para líderes dispostos a votar a favor do texto, é preciso o engajamento diuturno do presidente, de forma a convencer a sociedade da importância da reforma. O presidente voltou a destacar nesta sexta que a reforma englobará todos, incluindo os militares.

O discurso do governo é que a reforma é imprescindível para ajustar as contas públicas. Em declaração nas redes sociais na quinta (7/3), Bolsonaro explicou que a aprovação da PEC é imprescindível para possibilitar o investimento nas áreas da saúde, educação e segurança pública.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.