regras endurecidas Com reforma, novos políticos eleitos estarão automaticamente no INSS

Por: AE

Publicado em: 20/02/2019 14:04 Atualizado em: 20/02/2019 14:26

Foto: Divulgação / Agência Senado
Foto: Divulgação / Agência Senado
As mudanças nas regras de aposentadoria dos deputados e senadores previstas na proposta de reforma da Previdência vão valer para os políticos do Estados e municípios. A reforma endurece as regras, os novos eleitos estarão automaticamente vinculados ao regime do INSS. 

Os suplentes que assumirem os cargos já estarão sujeitos à nova regra depois que a PEC for promulgada. 

A proposta prevê uma transição com idades de 62 anos para mulheres e 65 homens. 

Os políticos terão que cumprir um pedágio do tempo de contribuição que faltar. 

Os regimes atuais serão extintos e valerão somente para quem já ingressou.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.